Adolfo Menezes lamenta “grande catástrofe” na Bahia e ausência do presidente Bolsonaro

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes, acompanha nesta terça-feira (28/12) o governador Rui Costa, o senador Jaques Wagner e ministros a visita à Região Sul/Sudeste da Bahia. Ele se solidarizou e acompanhou a ajuda às mais de 10 mil famílias, de 72 municípios baianos, atingidos pelas cheias dos rios Cachoeira e Almada.

“Pelo alto, no sobrevoo que fizemos, a imagem é estarrecedora. Estamos, agora, na base de operações, montada pelo Governo do Estado e comandada pelo coronel Adson Marchesini, do Corpo de Bombeiros, em companhia do governador Rui Costa, para darmos uma pronta resposta a este drama, a esta grande catástrofe, que atinge milhares de baianos. O Governo Federal finalmente se faz representar com os ministros Queiroga, Roma e Damares, mas é lamentável que o presidente Bolsonaro não tenha vindo para se solidarizar com os mais de 16 mil desabrigados e quase 20 mil desalojados”, diz o chefe do Legislativo baiano.

Menezes também lembrou que os 63 deputados estaduais baianos destinaram R$ 12,6 milhões dos recursos das suas emendas parlamentares estaduais para ajudar diretamente os municípios e as famílias atingidas pelas enchentes.

Últimas Noticias

Eleições 2022: TSE aprova registro de mais duas federações partidárias

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (26), por unanimidade, a criação de duas novas federações partidárias. A primeira...