“Um crime contra nossa cultura”, diz Marcelo Maia sobre o abandono do Solar Boa Vista

Acometido por um incêndio em 3 de janeiro de 2013, o histórico Solar Boa Vista ainda permanece marcado pelas chamas que tomaram conta do local e pelo abandono que amedronta moradores da região. O prédio ganhou fama nacional por ter sido morada do poeta Castro Alves, mas também sediou o Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira, a Prefeitura de Salvador e a Secretaria Municipal da Educação (que funcionava lá, até o ocorrido). Após o incêndio completar 9 anos, o vereador de Salvador, Marcelo Maia (PMN), fez duras críticas ao governador do Estado, cobrando uma providência para o local.

“Estamos completando nove anos assistindo o abandono do Solar Boa Vista, local onde morou o poeta Castro Alves, um prédio histórico para a cultura da Bahia. Não tem como mensurar a importância deste equipamento público, como também, não há explicação para tanto descaso. O Governo do Estado precisa urgentemente reparar este erro, pois é um crime contra nossa cultura. O Solar está entregue aos ratos. A antiga casa de Castro Alves vem se tornando a cracolândia de Salvador, os moradores vizinhos já não aguentam mais reclamar, pedir, solicitar. Não há nada que faça o governador Rui Costa reconhecer a importância deste lugar”, disse Maia.

Últimas Noticias

Anvisa autoriza dispensa registro de vacinas para varíola dos macacos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, nesta sexta-feira (19), a dispensa de registro para importação...