Vigilância Sanitária notifica sete restaurantes em Salvador

O trabalho realizado pela Prefeitura no último sábado (22), através da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa), resultou na notificação de sete restaurantes, que apresentaram inconformidades sanitárias. Ao todo, 12 estabelecimentos do ramo foram fiscalizados, além de 11 escolas da rede municipal, três ambulâncias e 16 serviços de alimentação oferecidos em três eventos.

As ações de fiscalização da Visa prosseguem neste domingo (23), com novas diligências em eventos, bares, restaurantes e lanchonetes. De acordo com a diretora da Visa, Andrea Salvador, o trabalho do órgão envolve dezenas de profissionais e tem o objetivo de diminuir os riscos de contaminação dos consumidores, considerando o aumento do número de casos da Covid-19 em Salvador.

Para dar suporte ao enfrentamento ao coronavírus, as inspeções estratégicas nas escolas tiveram como foco a orientação das equipes e observância dos critérios sanitários para retomada segura das aulas, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (Smed). Já nos demais estabelecimentos, o objetivo é fazer com que os decretos sanitários sejam cumpridos, além de conscientizar a população quanto à importância de cumprir as determinações.

Eventos e festas são verificados em caráter educativo para organização das questões sanitárias e garantir a redução dos riscos de contaminação pela Covid-19. Os técnicos conferem detalhadamente itens como armazenamento de produtos e manipulação adequada de alimentos, serviços de saúde instalados, lotação de espaços e dispensação de álcool gel, dentre outros itens.

Caso encontre alguma situação irregular, o cidadão pode ligar para o Fala Salvador, através do 156, para realizar a denúncia. As ações ocorrem em parceria com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs).

Últimas Noticias

Semob realiza operação conjunta de combate ao transporte clandestino

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) comandou, nesta sexta-feira (20), mais uma operação de combate ao transporte clandestino em...