Porto Seguro: Indígena da etnia Pataxó que teve sobrinho morto em março é assassinado

Um indígena da etnia Pataxó identificado como Iris Braz dos Santos, 44 anos, foi baleado na Aldeia Novos Guerreiros, em Porto Seguro, no sul da Bahia. O crime aconteceu na tarde de sábado (23/04) e a vítima morreu na madrugada de domingo (24/04).

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi socorrido para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. O caso é investigado pela 1ª Delegacia Territorial (DT) de Porto Seguro.

Em março, um sobrinho de Iris, identificado como Vitor Braz, 22, foi assassinado, também a tiros, no mês de março deste ano, por reclamar do som alto durante a realização de uma festa. Não há informações se a morte do tio tem ligação com o homicídio de Vitor.

Últimas Noticias

Ver menos televisão pode reduzir risco de doenças cardíacas coronárias

Mais de um em cada 10 casos de doenças cardíacas coronárias poderiam ser evitados se as pessoas reduzissem o...