Kleber Rosa comemora apoio do PSOL ao ex-presidente Lula

Pela primeira vez na história do PSOL a sigla não lançará candidatura própria para disputar a presidência do país. O apoio do Partido Socialismo e Liberdade à candidatura de Lula foi oficializado, na tarde deste sábado (30/04), durante Conferência Eleitoral, realizada em São Paulo.

Presente, o pré-candidato ao Governo da Bahia pelo PSOL, Kleber Rosa, afirmou que a iniciativa “expressa o grau de nocividade do bolsonarismo ao processo político brasileiro” e “expressa a urgência dessa conjuntura eleitoral marcada pelo avanço das forças conservadoras, do fascismo, do ataque aos direitos trabalhistas e pelo cenário de fome que aflige a população brasileira”.

Kleber Rosa salienta que não foi uma decisão fácil por causa do “arco de alianças” que Lula vem construindo para disputar o processo eleitoral deste ano, principalmente, em relação à presença de Alckmin na chapa. Segundo o postulante ao Palácio de Ondina, esse foi o aspecto mais problemático e que ocupou mais espaço nos debates da Conferência Eleitoral deste sábado (30/04).

“O partido já tomou a decisão e agora vamos seguir unificados e oferecer mais um palanque a Lula na Bahia. Esse é o nosso desafio e vamos cumprí-lo devido ao compromisso que temos com a militância e com o futuro do Brasil”, garantiu o pré-candidato e professor da rede estadual de ensino.

O PT acolheu os eixos programáticos colocados pelo PSOL como condição para selar o apoio à candidatura de Lula que encontram-se na plataforma “Direito ao futuro: diálogos do PSOL para reconstruir o Brasil”. A revogação da Reforma Trabalhista, da Reforma da Previdência, do Teto de Gastos e a necessidade de um novo marco fiscal são algumas das principais propostas do PSOL ao Programa de Governo de Lula.

Últimas Noticias

Mutirão Cadastro Único atende 130 pessoas no bairro de Portão em Lauro de Freitas

Com o “Mutirão Cadastro Único” da Prefeitura de Lauro de Freitas realizado neste sábado (28), 130 moradores do bairro...