Após morte de adolescente, hospital denuncia equipe médica por negligência

Na madrugada deste domingo (01), o adolescente Kevinn Belo Tomé da Silva, 16, morreu após passar quatro horas aguardando atendimento no Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves, em Vila Velha, Vitória (ES).

Segundo a “Band”, duas médicas foram afastadas das funções após o ocorrido. A direção informa que o hospital estava bem preparado e equipado para atender o adolescente. 

Informações da Secretaria da Saúde apontam que a direção do hospital ainda registrou um boletim de ocorrência por “flagrante negligência médica por parte dos profissionais plantonistas”. 

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, investigará o caso. Além disso, o Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES) também deve apurar os responsáveis.

Últimas Noticias

Lei que amplia Prouni para estudantes de escolas privadas é sancionada

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a Lei 14.350/2022 que amplia o acesso ao Programa Universidade para Todos...