Morar Melhor reforma mais 100 casas no Bairro da Paz

O sonho de ter um lar digno de moradia e mais confortável tornou-se realidade para dezenas de famílias que vivem em situação de baixa renda no Bairro da Paz. O prefeito Bruno Reis esteve na localidade nesta sexta-feira (27), para entregar mais 100 casas reformadas pela Prefeitura, por meio do programa Morar Melhor.

Esta não é a primeira vez que a iniciativa chega à região. Em ocasiões anteriores, 857 residências no bairro haviam sido contempladas com as melhorias habitacionais, que envolvem desde pintura e reboco nas áreas interna e externa das construções até recuperação ou troca de telhado, troca de esquadrias (portas e janelas) e instalações sanitárias.

Foto: Betto Jr./Secom

“Aqui foi um dos primeiros locais de Salvador a receber o Morar Melhor. Esse programa tem tido a capacidade de mudar a vida das pessoas, e só aqui na região estamos chegando a quase mil residências reformadas”, afirmou o prefeito.

O gestor lembrou os investimentos feitos pela administração em todo o entorno, como reforma de campos, escadarias, contenções, retomada do funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento 24h da região e instalação de iluminação em LED. Na próxima semana, está prevista a entrega de títulos de propriedade, através do programa Casa Legal.

Transformação – Os serviços promovidos pelo Morar Melhor são escolhidos em conjunto com o morador beneficiado. O limite de recursos empregados para as intervenções em cada habitação é de até R$7 mil.

Foto: Betto Jr./Secom

Na prática, o programa tem feito uma verdadeira transformação na vida dos beneficiários, preservando-os no local onde eles já possuem convivência, costumes e hábitos. O conceito é diferente de programas habitacionais como o Casa Verde e Amarela, cujas moradias destinadas são, geralmente, em locais mais distantes do centro urbano.

Além de resgatar a cidadania e a autoestima da população, o Morar Melhor tem colaborado na geração de emprego e renda, absorvendo trabalhadores nas próprias áreas contempladas.

É o caso do pedreiro Jailson dos Santos, que mora no Bairro da Paz há oito anos e atuou na reforma de oito casas na região, inclusive a dele. Santos completou 40 anos ontem (26) e conta que já ganhou seu presente de aniversário.

“Essa oportunidade foi uma bênção de Deus para mim. Eu sonhava que um dia teria minha casa toda novinha. Já ajudei nas obras de diversos imóveis através do programa. Dizia para minha esposa que pelo menos iria trocar o telhado da nossa, mas não consegui juntar dinheiro”, confessou ele, ao lado da companheira, Alessandra.

“Só temos a comemorar. Nossa casa molhava muito quando chovia e agora nossa realidade é outra. Até pude escolher a cor da pintura das paredes, que é amarela, minha favorita. Agora é só marcar o churrasco de chá de casa nova”, celebrou Alessandra, feliz da vida.

Sucesso – O programa Morar Melhor foi criado desde 2015 e, de lá para cá, mais de 35,7 mil casas foram reformadas em mais de 200 localidades. Não à toa, a iniciativa virou um case de sucesso no país.

Gestores públicos de diversas cidades vieram a Salvador para conhecer de perto detalhes do funcionamento do programa, a fim de replicar o modelo em seus respectivos municípios.

Critérios – A seleção das áreas que recebem o Morar Melhor é baseada em alguns critérios estabelecidos. São eles a precariedade dos bairros, baseado em dados do IBGE 2010; maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior predominância de pessoas abaixo da linha de pobreza, com renda per capita inferior a R$85; maior predominância de mulheres chefe de família; maior densidade habitacional e precariedade habitacional obtida pela observação de campo.

Não são contemplados imóveis em situação de risco, imóveis de aluguel ou de famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos.

Últimas Noticias

Micro e pequenas empresas já podem aderir ao Pronampe

Apartir desta quinta-feira, 30 de junho, as micro e pequenas empresas já poderão buscar junto ao banco de sua...