Elinaldo diz que “pesquisa do Informe Baiano mostra consolidação de ACM Neto”

O prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo, afirmou, durante o lançamento do Camaforró, na noite de segunda-feira, que a pesquisa Informe Baiano/Séculus “mostra a consolidação de ACM Neto”, que é pré-candidato ao Governo do Estado.

“Neto vem fazendo uma pré-campanha linda, sólida e com propostas em todas as áreas. Ele tem história, foi um grande parlamentar é melhor prefeito do Brasil. Vamos vencer no primeiro turno, como aponta a pesquisa do Informe Baiano”, opinou o gestor.

Conforme a nova pesquisa, o líder do União Brasil soma 60,55% das intenções de votos no cenário estimulado, contra 12,19%, de Jerônimo Rodrigues (PT), e 7,14% de João Roma (PL), que aparece em terceiro lugar. De acordo com esses números, ACM Neto seria eleito em primeiro turno caso as eleições fossem realizadas hoje.

Quando o cenário estimulado associa aos nomes de Jerônimo e João Roma seus apoiadores nacionais, ACM Neto continua na liderança, como candidato independente, com 56,42%. O pré-candidato pelo PT fica em segundo lugar, com 19,92% das intenções de votos, e Roma soma 8,52% com o apoio de Jair Bolsonaro.

No cenário espontâneo, ACM Neto permanece em primeiro lugar com 40,04% das intenções de votos. Em segundo lugar, Jerônimo Rodrigues aparece com 8,26% e João Roma acumula 5,44% na terceira posição.

Kleber Rosa, pré-candidato pelo PSOL, somou 0,33% e Giovani Damico (PCB) teve 0,26% das intenções de votos. Não sabem ou não quiseram opinar 41,74% dos entrevistados. Brancos e nulos somaram 2,29%.

O levantamento foi realizado em 72 municípios do estado, e ouviu 1.526 pessoas. A margem de erro do levantamento é de 2,5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa Informe Baiano/Séculus foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BA-05997/2022, e foi realizada entre os dias 06 e 09 de junho deste ano.

Segunda pesquisa Informe Baiano/Séculos confirma favoritismo de ACM Neto

Últimas Noticias

Brasil tem 106 casos de varíola dos macacos confirmados

O Brasil tem 106 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox), segundo levantamento do Ministério da Saúde. A maioria...