Acusado de latrocínio é preso em Itabuna

O homem tinha três mandados de prisão em aberto de crimes praticados em Canavieiras e Itabuna

O acusado de matar o comerciante Henrique Vasconcelos, 60 anos, em 2020, no município de Canavieiras, foi preso nesta quarta-feira (15), por policiais da Delegacia Territorial de Itabuna. O acusado, que já tinha outros dois mandados de prisão em aberto, estava escondido em Itabuna, onde estava traficando drogas.

O latrocida tentou roubar o comércio do vizinho de Henrique, efetuou disparos de arma de fogo contra o dono do estabelecimento e atingiu a vítima na cabeça, que não resistiu aos ferimentos. Os dois comerciantes eram amigos. “No cumprimento de mandado por latrocínio, o criminoso também foi preso em flagrante com porções de cocaína, crack e maconha”, explicou o coordenador da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), delegado Evy Paternostro.

Ao realizar pesquisa no Banco Nacional de Mandados de Prisão, constatou- se que o custodiado possuía mais dois mandados em aberto por crimes praticados em Itabuna. “O comparsa dele, que atuou no latrocínio em Canavieiras, segue foragido. Quem tiver informações do paradeiro, basta denunciar através do Disque Denúncia da SSP no número 181. O sigilo é garantido”, relatou o delegado titular de Canavieiras, Renato Fernandes.

O homem passou por exames de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica e segue custodiado na sede da Coorpin, à disposição do Poder Judiciário.

Últimas Noticias

Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (8) por unanimidade a proposta de Resolução da Diretoria Colegiada...