Mesmo com voto contrário de Wagner, Congresso aprova projeto que reduz preço dos combustíveis, diz Paulo Azi

O deputado federal Paulo Azi, presidente estadual do União Brasil, comemorou nesta terça-feira (14) a aprovação do projeto que reduz o ICMS sobre os combustíveis e que vai ajudar diminuir o valor pago pelas pessoas na bomba. Ele pontuou que o senador Jaques Wagner (PT) votou contra a matéria.

“Mesmo com o voto contrário de Jaques Wagner, o Congresso aprovou esta importante medida que vai reduzir o preço dos combustíveis e aliviar o bolso das pessoas, que são prejudicadas pelos sucessivos aumentos”, disse Azi, ao pontuar que o governador Rui Costa (PT) também foi contra a medida.

“Me parece que Rui e Wagner, incentivados por uma sanha arrecadatória, não querem reduzir o preços dos combustíveis, querem que os consumidores continuem pagando essa conta. Veja que diversos estados adotaram medidas de redução do imposto, mas na Bahia o governo não deu sua parcela de contribuição. Agora, o Congresso aprovou o projeto, que vai beneficiar a população, não só quem anda de carro, mas também usuários de transporte público e consumidores em geral, pois esta redução vai gerar um impacto positivo em cadeia”, continuou.

O texto foi aprovado nesta segunda-feira (13) no Senado e nesta terça na Câmara dos Deputados. A redução do ICMS vale também para energia elétrica, gás natural, comunicações e transportes coletivos.

Últimas Noticias

Campanha solidária do Shopping Paralela arrecada 20 mil reais e uma tonelada de alimentos não-perecíveis ao Hospital Martagão Gesteira

A programação junina do Shopping Paralela terminou nesta sexta-feira (01/07). Além do período de diversão, os festejos de São...