Quantas vezes é mesmo preciso fazer treino de pernas?

Quando o objetivo é ter um corpo mais musculoso e tonificado, eis que todas as atenções se centram nos músculos das pernas e dos glúteos, que são dos mais difíceis de trabalhar e cujos resultados teimam em tardar a aparecer.

Há quem se farte de treinar ‘em vão’ e há quem continue na ‘luta’ por um bumbum mais firme e umas pernas mais fortes, mas, quantas vezes é mesmo preciso fazer treino de perna para obter os resultados pretendidos?

Segundo a personal trainer nova-iorquina Kristy Zurmuhlen, o ideal é treinar as pernas e glúteos duas ou três vezes por semana, mas a chave do sucesso está em ir mais além, a especialista revela que o treino de pernas nunca deve ser feito de forma isolada, mas sim adaptado e encaixado a um plano de treino de corpo inteiro, podendo dois dias por semana ser destinados aos grupos musculares superiores e outros dois aos inferiores, por exemplo.

Além disso, Zurmuhlen destaca ainda a importância de dar descanso ao corpo: “Gosto de deixar dois dias [de descanso] entre os exercícios de pernas para garantir que os meus clientes estão recuperando corretamente”.

Quanto ao tipo de treino de perna, tudo depende dos gostos de cada pessoa, do seu corpo e dos objetivos traçados, mas, para a personal trainer, “um dia típico de treino centrado nas partes inferiores do corpo inclui uma variação de agachamentos e ‘peso morto’”.

Últimas Noticias

Comissão aprova projeto que determina igualdade de tratamento a cidadãos em processos administrativos

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou projeto que determina a concessão...