Vacinação contra a Covid é prioridade no São João de Jequié

Palco de um dos maiores e mais animado festejos de São João da Bahia, Jequié, a Cidade Sol, destaca-se também pelo cuidado visando evitar o surgimento de novos casos de Covid-19 e manter estável e sob controle o índice de síndromes gripais, garantindo segurança a moradores e visitantes, durante os festejos juninos. O secretário de Saúde, Marlon Pereira, revela que em Jequié mais de 125 mil pessoas, equivalente a 81% da população, já foram vacinadas com duas doses da vacina Covid, e agora o município trabalha para completar o esquema vacinal com a aplicação das doses de reforço.

“O momento é de alegria, com a realização do nosso São João, mas não podemos descuidar, por isso trouxemos o posto de vacinação para perto do povo, e pedimos a colaboração das pessoas que ainda não completaram seu esquema vacinal, que aproveitem a oportunidade de estar na festa para se vacinar”, diz Marlon, acrescentando que “tomar a vacina ainda é a única forma eficaz de se proteger contra a Covid-19 e a gripe Influenza”.

Com esse objetivo, a Secretaria de Saúde de Jequié instalou um posto de vacinação na Praça Rui Barbosa, no circuito dos festejos juninos, que está funcionando desde o dia 14, quando aconteceu a abertura da Vila Junina. As vacinas estão sendo disponibilizadas ao público em geral. A vacina contra a Covid-19, reforço 2, destina-se a adultos maiores de 50 anos, e também para os trabalhadores em saúde. A vacinação contra a Covid-19 também está contemplando crianças e adultos, obedecendo ao esquema vacinal. Para vacinar-se, basta apresentar a Carteira de Vacinação e CPF. Já as crianças e adolescentes devem estar acompanhados pelos pais ou por adulto responsável.

A ação desenvolvida pela Secretaria de Saúde de Jequié segue a orientação traçada pelo prefeito da cidade, Zé Cocá, que é também presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB). Ele destaca que “as festas juninas chegaram e os gestores prepararam seus municípios da melhor maneira possível. Agora a população precisa fazer sua parte para dançar forró com segurança e completar o esquema vacinal”.  Zé Cocá analise que “as vacinas salvam vidas e o trabalho dos municípios baianos com suas equipes de saúde contribuiu de forma efetiva e eficiente para a imunização das pessoas, permitindo o controle da pandemia na Bahia. Recomendamos que a população faça a sua parte e cumpra o ciclo vacinal com a dose de reforço. Somente a imunização pode assegurar que a pandemia continue controlada e com casos sem gravidade e internações”.

Últimas Noticias

Micro e pequenas empresas já podem aderir ao Pronampe

Apartir desta quinta-feira, 30 de junho, as micro e pequenas empresas já poderão buscar junto ao banco de sua...