Rifeira que sumiu na Boca do Rio é encontrada morta na Avenida 2 de Julho

O corpo da rifeira Jaiane Costa, 22 anos, foi encontrado em avançado estado de decomposição, na manhã desta quarta-feira (06/07), na Avenida 2 de Julho, entres os bairros de Cajazeiras e Águas Claras. A vítima sumiu há 30 dias no bairro da Boca do Rio.

No corpo havia uma tatuagem com a seguinte frase: “Deus tem a força e eu tenho a fé”. A mãe dela fez o reconhecimento no no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML).

A rifeira foi vista pela última vez no dia 6 de junho, um dia depois de ter participado de uma festa de pagode. Jaiane havia brigado com uma mulher, que seria envolvida com um traficante, durante uma festa de pagode. A última vez que Jaiane foi vista foi na companhia da ex-sogra saindo de um supermercado.

A mulher, que fazia o uso da tornozeleira eletrônica, foi ouvida pela polícia, assim como seu companheiro. Os dois foram liberados em seguida. Quem também será ouvido é um homem identificado como “Gugu”, que teria ameaçado a jovem de morte com um pedaço de madeira. A Polícia Civil ainda investiga o caso.

Últimas Noticias

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

As irmãs Simone e Simaria confirmaram em portagem nas redes sociais, nesta quinta-feira (18/08), o fim oficial da...