Jequié recebe Sistemas de Reconhecimento Facial e de Comunicação Digital

Cerimônia realizada no Centro Integrado de Comunicações (Cicom) de Jequié teve a participação do governador Rui Costa, e do secretário da SSP, Ricardo Mandarino.

O município de Jequié passou a contar nesta sexta-feira (15), com os Sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas, que integram o ‘Projeto Vídeo Polícia’ da Secretaria da Segurança Pública (SSP). A cidade e outros 25 municípios da região também dipõem de novo Sistema de Comunicação Crítica Digital.

As entregas realizadas pelo governador Rui Costa, pelo secretário da SSP, Ricardo Mandarino, e pelo subsecretário da SSP, delegado Hélio Jorge, aconteceram no Centro Integrado de Comunicações (Cicom) de Jequié – unidade que receberá os alertas dos reconhecimentos de foragidos e acionará as equipes da Polícia Militar.

As câmeras já estão instaladas em pontos estratégicos do município e, no período junino, durante a fase de teste, ajudaram na captura de dois homens procurados por homicídio e furto.

A tecnologia tem sido expandida, em larga escala, para cidades da Região Metropolitana de Salvador e do interior. Além da capital e Jequié, também ocorreram prisões com o auxílio do reconhecimento nas cidades de Alagoinhas, Porto Seguro, Dias D’Ávila, Barreiras, Itaberaba, Simões Filho, São Francisco do Conde, Camaçari e Itabuna. Mais de 300 foragidos da Justiça foram retirados das ruas após alertas da ferramenta.

Também participaram da solenidade os gestores das Superintendências de Tecnologia e de Telecomunicações, coronel Marcos Oliveira e tenente-coronel Renato Lima, respectivamente.

Projeto Banda Estreita

Jequié e outros 25 municípios da região foram contemplados, também, com o projeto Banda Estreita, que promove a chegada de um novo Sistema de Comunicação Crítica Digital para unidades das polícias Militar, Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros Militar implantadas no interior do estado. Ao total, 404 cidades da Bahia receberão esse projeto.

A tecnologia permitirá que a comunicação operacional entre as equipes policiais ocorra de maneira mais segura, já que, diferente do serviço analógico, apenas policiais e bombeiros poderão ter acesso às informações compartilhadas. A comunicação será realizada por meio de 4.930 Rádios Comunicadores Tetra que serão distribuídos para as unidades.

Com aproximadamente R$ 300 milhões de investimento, incluindo a prestação de serviços da empresa contratada, a tecnologia será incorporada aos Centros Integrados de Comunicações (Cicoms) da Secretaria da Segurança Pública, como forma de potencializar as atividades policiais.

“Essa é mais uma prova do quanto o Governo do Estado tem atendido as demandas da Segurança Pública. A tecnologia é uma grande aliada ao trabalho da polícia e, sem dúvidas, esse novo investimento trará mais resultados para as forças de segurança”, pontuou o secretário da SSP, Ricardo Mandarino.

Atualmente, no interior da Bahia, as cidades de Alagoinhas, Catu, Inhambupe, Irará, Sátiro Dias, Água Fria, Araças, Aramari, Ouriçangas, Pedrão e Itanagra já usufruem dos rádios comunicadores, que têm como finalidade melhorar a qualidade das transmissões de comunicação entre as equipes policiais, além de restringir o acesso de terceiros aos dados compartilhados.

“O projeto vai otimizar o tempo de atendimento e melhorar a eficiência da comunicação. Além disso, o sistema Treta permite o monitoramento de viaturas, por meio de GPS, facilitando a chegada de equipes de apoio a determinadas ações policiais”, explicou o coordenador de Rádio de Comunicação e gerente do projeto Banda Estreita, capitão Ubiraci Alves Muniz Barretto.

Ainda segundo o oficial, a previsão é que, até o final do mês de julho, a tecnologia chegue aos municípios de
Barra do Rocha, Lagedo Tropical, Itagi, Brejões, Jaguaquara, Itaquara, Irajuba, Santa Inês, Apuarema, Jitaúna, Nova Itarana, Cravolândia, Manoel Vitorino, Maracás, Planaltino, Lafayete Coutinho, Iramaia, Itiruçu, Ipiaú, Itagibá, Ibirataia, Dário Meira, Boa Nova e Aiquara.

Dentre os recursos que são disponibilizados pelo sistema de comunicação Tetra está também o controle de quais tipos de ocorrências lideram os acionamentos dos Cicoms. “Outra funcionalidade de muita importância, pois, através deles, os comandantes de unidades podem planejar as ações policiais”, pontuou Barretto.

Câmeras inteligentes

A Secretaria da Segurança Pública segue com investimentos em tecnologia. Além dos novos rádios comunicadores, a SSP deu início à operação de mais 1.200 câmeras inteligente, que passaram a funcionar em Salvador, e fez a entrega de 160 terminais de comunicação móvel que são utilizados no dia a dia das equipes policiais.

Diferentes dos rádios comunicadores tetra, os novos 160 terminais também acessam, produzem e compartilham informações em formato de áudios, vídeos e fotos, em tempo real, com o Cicom de Salvador. Terminais similares serão instalados nas viaturas da capital e da Região Metropolitana.

Últimas Noticias

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

As irmãs Simone e Simaria confirmaram em portagem nas redes sociais, nesta quinta-feira (18/08), o fim oficial da...