Zagueiro do Bragantino é preso por homicídio culposo

O zagueiro Renan, do Red Bull Bragantino, foi preso em flagrante nesta sexta-feira (22/07) por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O jogador de 20 anos se envolveu em um acidente de carro, em que morreu uma pessoa, na Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, no bairro Quinta da Baronesa, em Bragança Paulista (SP).

Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, o acidente ocorreu às 6h40 desta sexta-feira. O veículo de Renan atingiu um motociclista de 38 anos, que não resistiu aos ferimentos. O caso é investigado pelo 1º Distrito Policial de Bragança Paulista. O jogador foi conduzido à cadeia pública de Piracaia (SP), cidade vizinha.

As imagens do acidente dão conta que o carro estava na contramão. O comunicado à imprensa da SSP não confirma se Renan estava embriagado ao volante.

O Bragantino se manifestou por meio de nota e informou que acompanha o caso “de perto”. O clube também se colocou à disposição de autoridades e familiares da vítima, “com os quais se solidariza neste momento de grande tristeza”.

Renan está emprestado ao clube do interior paulista até o fim do ano. O jogador, de 20 anos, é vinculado ao Palmeiras, com quem possui contrato até 2025. O Verdão, também em nota, expressou solidariedade à família do motociclista, a quem afirmou que prestará “toda a assistência necessária”.

Questionados sobre a situação contratual do jogador, as assessorias de imprensa de Bragantino e Palmeiras informaram que ainda não há posição oficial.

Últimas Noticias

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

As irmãs Simone e Simaria confirmaram em portagem nas redes sociais, nesta quinta-feira (18/08), o fim oficial da...