Programa capacita mulheres a atuar na construção civil em Salvador

Através dos programas Treinar para Empregar e Marias na Construção, as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec) e de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) iniciaram, nesta segunda-feira (25), mais dois cursos em parceria com o Senai, na unidade Dendezeiros.

As formações são para as atividades de pedreiro polivalente e operador de empilhadeira à combustão, oferecidas exclusivamente ao público feminino, a partir dos 18 anos. Para o curso de operador de empilhadeira, as candidatas devem possuir carteira de habilitação categoria B e ensino médio completo. As aulas seguem até o dia 9 de setembro, de segunda a sexta-feira, no turno matutino. A capacitação, gratuita, garante certificação e auxílio transporte. Para cada turma, são ofertadas 12 vagas.

De acordo com a diretora do Trabalho e Empreendedorismo da Semdec, Maria Eduarda Lomanto, os cursos têm o propósito da empregabilidade, centralizando todas as ações de qualificação da Prefeitura dentro do Treinar para Empregar. “Além de proporcionar transformação de vidas e empoderamento, os treinamentos permitem o acesso da mulher ao mercado de trabalho, o que é um grande desafio, ainda mais na construção civil. A grande quantidade de obras em Salvador, condiz com a retomada da qualificação para esse setor”, explicou.

A diretora de Políticas para Mulheres da SPMJ, Fernanda Cerqueira, acredita que, com a retomada econômica após a pandemia, os cursos são “uma oportunidade para que as mulheres possam ser absorvidas na construção, mostrando que a cidade trabalha com a equidade de gênero, quebrando o paradigma de que somente o homem pode atuar no setor”.

Ela destacou ainda que o retorno das turmas presenciais e o novo currículo, atendendo ao C40, compromisso de grandes cidades do mundo engajadas na luta contra as mudanças climáticas, favorecem a empregabilidade. “Salvador está inserida no cenário internacional, dentre as capitais que têm a construção realizada por mulheres e com foco na sustentabilidade”, afirmou.

Expectativa – Durante a aula inaugural desta segunda-feira (25), a jovem Luciana Reis, de 21 anos, expressou a felicidade em poder participar do curso. “É uma oportunidade enorme, sei das nossas dificuldades, mas fico muito feliz em participar. Estou aqui para aprender muito e espero que, ao final, possa agradecer o tempo que eu dediquei a esse curso, acrescentando muito na minha vida”.

Quem também participou da aula inaugural foi Maria do Amparo, pioneira entre as mulheres na construção civil do estado e representante das mulheres na categoria. Para ela, o Marias na Construção é uma iniciativa de importância “imensurável” para o público feminino.

“O programa veio para mudar o cenário, mostrando para a mulher que ela pode estar onde quiser. Isso para mim é uma satisfação muito grande, ver essas mulheres fazendo curso e abrindo empresa. Hoje temos mulheres empreendedoras e empregadas, assumindo suas profissões”, acrescentou.

Conteúdo – Com carga horária de 168 horas, a capacitação para pedreiro polivalente tem no pacote soft skills (desenvolvimento de habilidades emocionais e comportamentais) e técnicas de pedreiro polivalente. Ao final do curso, a profissional estará apta a executar alvenarias, revestimentos e concretagem, além de confeccionar, montar e desmontar formas e escoramentos para estruturas de concreto armado, com segurança, qualidade e economia, seguindo as especificações, as normas técnicas de segurança e de meio ambientes, dentro dos prazos estabelecidos em projetos.

O conteúdo formativo, com carga horária de 48 horas para Operação de Empilhadeira, inclui soft skills e técnicas de operação de empilhadeira à combustão. Ao final da capacitação, a profissional estará apta a desenvolver as operações básicas de movimentação de cargas com o equipamento, conforme normas de segurança aplicada NR-06, NR-11, NR-12 e NR-26 e recomendações técnicas dos fabricantes.

Últimas Noticias

“Made In Colômbia”: 30 quilos de drogas apreendidos e QG do tráfico descoberto em Sussuarana

Trinta quilos de maconha foram apreendidos na noite de segunda-feira (8), por policiais do Departamento de Repressão e Combate...