Bahia vence o Flu de Feira e está na final do Baianão 2016

A eliminação da Copa do Nordeste no último domingo com certeza abateu o Bahia. Nesta quarta, pela partida de volta das semifinais do Campeonato Baiano, o Tricolor jogou contra o Fluminense de Feira e mostrou um futebol horrível na primeira etapa. O time só acordou nos 45 minutos finais para alegria dos 4.581 pagantes.

- publicidade -

Thiago Ribeiro abriu o placar em seguida Luquinhas empatou, mas Luisinho voltou a colocar o Bahia na frente. Final 2 a 1. O time poderia até ter perdido por 2 a 0 para se classificar, mas foi bem no segundo tempo e venceu. Agora a equipe azul, vermelha e branca aguarda o adversário que sairá da disputa entre Juazeirense e Vitória-BA que jogarão nesta quinta-feira.

Mesmo no gramado perfeito da Fonte Nova, o time de Doriva errou passes fáceis e deixou o adversário livre na maior parte do jogo. Na primeira etapa o Touro de Feira teve ao menos três boas chances de abrir o placar. A sorte foi que eles estavam sem pontaria. Ao contrário, os companheiros de Lomba, Thiago Ribeiro e cia assustaram pouco.

Ainda nos 20 minutos de jogo a grande maioria da torcida presente na Fonte já entoava gritos de queremos jogador. Aos 40 as vaias apareceram em grande escala. O zagueiro Robson, que falhou no domingo em lance capital para a partida, voltou a jogar mal e não foi poupado. Quando Arilson Bispo da Anunciação encerrou a primeira etapa, só se ouvia vaias. Na TV, gestos negativos foram mostrados.

bahia e flu de feira

“A torcida paga ingresso e faz o que bem entender. Acredito que não estamos fazendo um bom jogo e a torcida está aí para torcer. Mas vamos tentar fazer um bom segundo tempo e sair aplaudido”, disse o atacante Luisinho na saída para o vestiário.

O técnico Doriva voltou com Hayner no lugar de Tinga. A jogada da noite foi de Edigar Junio. Aos 7 minutos o atacante pegou a bola levou três marcadores pela esquerda e cruzou por baixo para Thiago Ribeiro completar de direta e soltar o grito de gol.

O troco veio em menos de 2 minutos. Marcelo Lomba afastou escanteio para a meia lua. Luquinhas estava lá, passou na frente do marcador e chutou de esquerda por cobertura empatando a partida na Fonte Nova. 1 a 1.

Feijão entrou no lugar de Danilo Pires aos 13 minutos. Depois, aos 18, Gustavo Blanco foi para o campo na vaga de Paulo Roberto. O desempate aconteceu aos 22 minutos. Thiago Ribeiro, com ótima visão de jogo, encontrou Luisinho que avançou no meio da zaga e chutou no canto.

O Bahia ainda poderia ter ampliado caso aproveitasse os contra-ataques armados com Luisinho, Gustavo Blanco e Thiago, mas foi um festival de gols perdidos. E ficou no 2 a 1.


Fonte: ECBahia.com

Reviravolta na briga de Neymar com zagueiro: racismo ou homofobia?

Uma reviravolta na confusão entre Neymar e o espanhol Álvaro Gonzáles pode manchar ainda mais a imagem do jogador brasileiro. Nenhum meio de comunicação europeu conseguiu localizar...

Corinthians derrota Bahia por 3 a 2

Depois de três partidas consecutivas sem vencer, o Corinthians derrotou o Bahia por 3 a 2, nesta quarta-feira (16), na Neo Química Arena, em partida válida pela...