Chefe do tráfico de Itapuã encontrado carbonizado após sequestro; Resgate de R$50 mil foi pago

Um homem conhecido como Pacheco, braço direito do traficante Mantena e apontado como um dos líderes do comércio de drogas de Itapuã, foi encontrado carbonizado em Arembepe nesta quarta (20) após ser sequestrado na terça (19). Ele estava visitando a família quando foi surpreendido por homens encapuzados que o sequestraram em dois veículos. De acordo com fontes do Informe Baiano, foi exigido um resgate de R$80 mil, porém a família pagou R$50 mil, o que não impediu a execução. O corpo foi encontrado ao lado de outra vítima, ainda não identificada, ambos queimados. Pacheco era o responsável pelo comando da criminalidade nas regiões do Alto do Macaco e Vila dos Ex-combatentes. Ele também dava apoio aos comparsas da Baixa da Soronha e pertencia a facção criminosa Bonde do Maluco.

carbonizado2

 

[su_divider top=”no” divider_color=”#ee4622″ link_color=”#ee4622″]

LEIA TAMBÉM

Últimas Noticias

Caso Wesley: inquérito conclui legitimidade na ação do Bope

Em uma coletiva de imprensa virtual realizada nesta quinta-feira (21), a Polícia Militar da Bahia apresentou a conclusão do...