Kannário x PM: vereador pagodeiro diz que vai convocar audiência pública com comandante da PM

Em nota oficial enviada ao Informe Baiano, o cantor e vereador Igor Kannário (PHS), disse que “ficou abismado” e foi “surpreendido com o que viu do alto do trio elétrico. Teve que parar de tocar várias vezes em razão da violência policial” durante sua apresentação no último domingo (21), na Micareta de Feira de Santana.

Em sua versão, o artista disse que “uma policial feminina fez um gesto obsceno e falou palavras de baixa calão para ele, que, indignado com o ocorrido simplesmente reportou-se à Pfem pedindo-lhe respeito”.

A nota divulgada pela assessoria diz ainda que “em outro momento Kannário pediu para banda parar de tocar por visualizar um policial militar agredindo crianças, mulheres e trabalhadores sem motivo algum, falando o mesmo estaria queimando a instituição Polícia Militar, e que aquela conduta demonstrava o despreparo para exercer tal função”.

O edil diz também que durante o show “deixou claro, entretanto o máximo respeito que tem para a toda a Polícia Militar e, em cima do trio, informou ao Prefeito da Cidade José Ronaldo, que tinha acabado de falar com o comandante da PM em Feira de Santana e que a autoridade pediu “mil desculpas” pelos fatos ocorridos, e solicitou que José Ronaldo conversasse com o mesmo para que esse tipo situação fosse resolvida e que as devidas providências fossem tomadas para punir os culpados”.

Por fim, o comunicado afirma que “o cantor esteve em todo o momento preocupado com a integridade das pessoas que ali estavam para aproveitar seu show. Diante de tal situação, Igor Kannário pedirá a designação uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores, para que o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Anselmo Alves Brandão dela participe e esclareça os fatos e as providências. E apresentará uma representação perante o Procurador Geral do Ministério Público do Estado da Bahia e para a Corregedoria da PM apurem a violência praticada”.

Veja também: Kannário deve ser processado pela SSP por desacato
Veja também: Confusão com Kannário e PM na Micareta de Feira: “sou mais autoridade que você”. VÍDEOS!