Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia

Mensagem de paz do Cortejo Afro abre programação do terceiro dia de Festival Virada no Super Trio

A mensagem de paz e o suingue da música preta e ritual do Cortejo Afro abriu a programação do Super Trio do Festival Virada Salvador neste sábado (30). Ao som de Abraço Negro, Ajeumbó e Eu Sou Preto, os cantores da banda que compõe o bloco afro nascido às margens da Bacia do Cobre, no Parque São Bartolomeu, deram início à apresentação em mais uma abertura comandada por Aloísio Menezes, Cláudia Costa, Valmir de Brito e Shido.

“No repertório de hoje preparamos um mix com as músicas do Cortejo que já estão na boca do povo, como Ajeumbó, Combustível – que todos conhecem como Cortejo Afro Chegando – e também algumas releituras da mpb e do pop, que ganham um significado todo especial, quando juntamos com a nossa percussão e a nossa harmonia. Com certeza teremos um réveillon muito alegre, animado, para não deixar ninguém parado e a gente poder se preparar para um Ano Novo repleto de boas energias”, avisa Aloísio Menezes.

Símbolo do Cortejo Afro, ao lado de seu inconfundível sombreiro, Veko Araújo fala da importância de o Cortejo fazer parte da grade de programação do Festival Virada Salvador 2024. “Trouxemos essa fusão de ritmos, cores, nomes e personalidades artísticas, pois é de suma importância a participação do Cortejo Afro nesta virada, porque como bloco afro somos os grandes responsáveis por todo esse movimento da axé music e de toda a música baiana. Nós temos uma contribuição muito forte na música brasileira e estar aqui é maravilhoso”, disse.

Chegar mais cedo para manter uma boa visão do palco para toda a família foi a estratégia da aposentada Neuza Novaes, 60 anos. Ela veio à Arena Daniela Mercury para acompanhar as apresentações do palco principal e curtiu o som do Cortejo Afro. “Vim para me divertir, sem hora para acabar. Estou em família, acompanhada de filhas e netos, e pretendo vir todos os dias”, afirma.

Seguidora do Cortejo nos eventos e nas redes sociais, a atendente Benise Medeiros, de 44 anos, veio à Arena acompanhada da amiga Monique, disposta a maratonar todos os shows até a festa da virada. “Chegamos cedo, curtimos a vista, fizemos fotos e agora é festa e hidratação até acabar. A noite é uma criança”, promete.

Programação – O Festival Virada Salvador acontece entre os dias 28 de dezembro de 2023 e 1º de janeiro na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio.

Conferência pede recursos para direitos de pessoas com deficiência

“Não existe política de direitos humanos sem orçamento. O resto é fantasia. Fantasia perversa, que faz as pessoas acreditarem em coisas que nunca vão...

Obesidade é a nova realidade de crianças brasileiras, dizem especialistas

Aobesidade infantil é a nova realidade entre crianças brasileiras, isso é o dizem pediatras, nutricionistas e órgãos de saúde de todo o Brasil. A...

Conferência pede recursos para direitos de pessoas com deficiência

“Não existe política de direitos humanos sem orçamento. O resto é fantasia. Fantasia perversa, que faz as pessoas acreditarem...
Fundação Jose Silveira

Conferência pede recursos para direitos de pessoas com deficiência

“Não existe política de direitos humanos sem orçamento. O resto é fantasia. Fantasia perversa, que faz as pessoas acreditarem...

Obesidade é a nova realidade de crianças brasileiras, dizem especialistas

Aobesidade infantil é a nova realidade entre crianças brasileiras, isso é o dizem pediatras, nutricionistas e órgãos de saúde...

Ministério convoca comitê para apurar apagão na Ilha do Governador

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (foto), convocou o comitê de crise da pasta para apurar o...

Pitbull ataca crianças, porteiro e moradores dentro de condomínio em Feira de Santana

Em vídeos enviados ao Informe Baiano por moradores do Condomínio Villa Mariana neste sábado (13/07), é possível ver o...