Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Camaçari
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

DE JOTAÍ CARVALHO ATÉ POPÓ: Bahiense quer homenagem para grandes nomes do boxe baiano na Arena Balbino

Amante do esporte, o vereador Sandro Bahiense (PP) revelou na manhã desta terça-feira (02/04) que articula com o prefeito Bruno Reis (União) a construção de um memorial, na Arena Esportiva Salvador Governador Antônio Balbino.

As obras do novo equipamento iniciaram ontem, na Boca do Rio, em Salvador. O espaço conta com investimento de R$163 milhões, e terá capacidade para abrigar mais de 12 mil espectadores. O antigo espaço, que nasceu em 1958, foi demolido em 2010.

“Salvador está carente de um espaço multiuso desde a demolição em 2010 da Fonte Nova, que abrigava o ginásio Balbininho, palco de vários eventos de boxe, jiu-jitsu, basquete, voleibol, handebol, futsal e até shows de artistas. Está fazendo falta, mas tudo no seu tempo. Agora vem esse espaço muito mais moderno. Eu já conversei com minha equipe técnica e com integrantes da gestão sobre a importância de valorizar nomes que fizeram a história de todo o esporte baiano, em especial o boxe e também academias antigas. Então, tenho certeza que o prefeito vai acatar nosso Projeto de Indicação”, disse Bahiense.

Entre os nomes citados pelo edil estão os mestres Luiz Dórea (antigo Bahia), Pelé e Flavio (antigo Grêmio), Paulo e Davi (antigo Botafogo), Mestre Tinho do Galícia, Jilmar Negão, Jorge Aranha, Jotai Carvalho, Júnior Sessenta, Vovô, Brecha, Ari Tarugo, Arizão, Bel, Kelson Carlos, Manteiga, Pepeu, Francisquinho, Marco Antônio (Bago), Quinho (Pirula), Manguinha, Churunco, Binho de Jesus, Robson, Antônio Bago, Tifon, Luiz Guaiamum, Marcinho da Estrada da Rainha, Fernando Fumaça do Nordeste e Reginaldo Holyfield.

“Na década de 80 bombou o Balbininho, foi um marco. A Liberdade tinha a academia Botafogo, que disputava pau a pau com o Bahia, que hoje é a Champion de Dórea. A academia Botafogo foi criada por Davizão, da família Cafezeiro. Hoje quem toma conta são os filhos Paulo e Davi. Eu sou nascido e criado na Liberdade, bairro que sempre teve grandes lutadores e uma influência grande do boxe. Na Linha 8, em cada esquina tinha uma academia. Você chega na Cidade Nova, Pau Miúdo e Baixa de Quintas, que também fazem parte da região da Liberdade, tem a academia do professor Luiz Dórea, onde foi revelado Popó. Então, esse memorial é importante que serve de incentivo para a geração atual, a exemplo de Keno Marley, Robson e Hebert Conceição, e tantos outros que estão na labuta”, finalizou.

Arena Esportiva Salvador Governador Antônio Balbino

A construção do moderno equipamento para sediar eventos esportivos e culturais nacionais e internacionais faz parte da comemoração dos 475 anos de Salvador, celebrados em 29 de março. O prefeito Bruno Reis assinou a ordem de serviço para início das obras da Arena Esportiva Salvador Governador Antônio Balbino, que ficará localizada na Boca do Rio.

Com investimento de R$163 milhões, o espaço terá capacidade para abrigar mais de 12 mil espectadores e vai devolver a Salvador a condição de atrair grandes eventos. Desde que o ginásio Balbininho foi demolido em 2010, para a construção da Arena Fonte Nova, a capital baiana não conta com um equipamento de grande porte com essa finalidade. A obra da nova arena está prevista para ser concluída em dois anos.

construção da Arena Esportiva
Foto: Valter Pontes / Secom PMS

“Esta manhã jamais sairá da memória de Salvador. Estamos resgatando um equipamento importante, que foi demolido em 2010. Portanto, há quase 15 anos que a cidade não tem uma grande arena. Vocês sabem, várias atrações internacionais se apresentam em outras cidades do Nordeste e não vêm a Salvador porque aqui não tem um espaço como esse. Hoje, porém, vamos dar início a esse resgate e à realização desse sonho: vamos trazer de volta o grande ginásio da cidade”, disse Bruno Reis em discurso.

A localização foi escolhida estrategicamente: a Arena Esportiva ficará ladeada pela Arena Daniela Mercury e pelo Parque dos Ventos, ambos para eventos a céu aberto, e pelo Centro de Convenções, para encontros corporativos e feiras. Ou seja: a orla da Boca do Rio vai se consolidar como o maior e mais diverso complexo de eventos do Norte e Nordeste, sendo um dos mais completos do Brasil.

“Gente, nenhuma outra cidade do Brasil possui algo assim. Nem mesmo São Paulo, com o Ibirapuera. São quatro grandes equipamentos, um do lado do outro, que vão se completar e se integrar. Tudo com fácil acesso, em frente ao mar, numa localização estratégica que vai fazer com que Salvador, que já é líder hoje no Brasil na atração de eventos, seja também de eventos esportivos. Temos um masterplan para toda essa área da Boca do Rio, com visão econômica, e esses equipamentos vão gerar milhares de empregos”, afirmou Bruno Reis.

O nome oficial da Arena Esportiva vai homenagear Antônio Balbino, governador da Bahia entre 1955 e 1959, que batizava o ginásio demolido em 2010. Familiares dele estavam no evento da assinatura. “Esse equipamento tem a visão de resgatar também a nossa história, voltando a homenagear um dos grandes homens públicos que a Bahia teve. O antigo ginásio a população chamava de Balbininho. Aqui, será o Balbinão”, disse Bruno Reis.

Alto padrão – Toda a estrutura será climatizada e contará com um eficiente tratamento acústico, além de infraestrutura completa dividida em quatro pavimentos que abrigarão pista, arquibancadas, camarotes, camarins, sanitários, serviços de alimentação, entre outros espaços.

Versátil, o equipamento terá a possibilidade de receber espetáculos musicais, teatrais e competições esportivas de alto nível, sendo projetado com base nas melhores práticas de edificações voltadas para entretenimento, a fim de entregar eficiência operacional e uma boa experiência para os espectadores, atletas e demais públicos.

O formato da arena foi pensado para que 100% dos assentos e lugares disponíveis sejam utilizados em qualquer tipo de evento, sem pontos cegos e sem áreas fechadas, tendo arquibancadas em formato de ‘ferradura’, onde um dos setores ficará dedicado exclusivamente à montagem do palco.

Outro ponto importante é a adoção de arquibancadas retráteis, o que permite uma maior amplitude nas capacidades máximas para a arena a depender do tipo de evento. No modo esporte, por exemplo, o local possuirá capacidade máxima de aproximadamente 7,3 mil espectadores, enquanto no modo show a capacidade sobe para 12,5 mil pessoas.

Corrida Tiradentes realiza 45ª edição no domingo (14)

A Polícia Militar da Bahia realiza, na manhã de domingo (14), mais uma edição da tradicional Corrida Tiradentes, na Cidade Baixa. A corrida, que...

Decisão do STF dificulta abordagens preventivas da PM e pode aumentar crimes

O Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceu em sessão, na última quinta-feira (11/04), que a abordagem policial e a revista pessoal motivadas por raça, sexo,...
Prefeitura Municipal de Morro do Chapéu

Corrida Tiradentes realiza 45ª edição no domingo (14)

A Polícia Militar da Bahia realiza, na manhã de domingo (14), mais uma edição da tradicional Corrida Tiradentes, na...
Fundação Jose Silveira

Corrida Tiradentes realiza 45ª edição no domingo (14)

A Polícia Militar da Bahia realiza, na manhã de domingo (14), mais uma edição da tradicional Corrida Tiradentes, na...

Decisão do STF dificulta abordagens preventivas da PM e pode aumentar crimes

O Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceu em sessão, na última quinta-feira (11/04), que a abordagem policial e a revista...

Anfavea quer volta do Salão do Automóvel

O presidente da Associação Nacional de Veículos Automotores, Mário de Lima Leite, disse nesta sexta-feira (12) que o Salão...

MADRE DE DEUS: deputado Marinho desabafa e diz que Dailton é o “pior prefeito que a cidade já teve”

O deputado federal e líder do Republicanos na Bahia, decidiu se juntar à base de apoio do ex-prefeito Jeferson...