Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

BUEL AGORA É CRIS: Saiba quem é o líder do CV que não tem mandado de prisão e é responsável por ataques

Apontado como “chefe do setor operacional” do Comando Vermelho (CV), o traficante conhecido como ‘Buel’, que agora mudou o apelido para ‘Cris’, não tem mandado de prisão em aberto. Ele estaria no mesmo patamar dos traficantes Val Bandeira (Complexo do Nordeste de Amaralina) e Zoio de Gato (Cosme de Farias). São as três maiores forças atualmente em Salvador.

É o que revela apuração do Informe Baiano concluída neste sábado (14/04) após conversas com fontes de diversos setores de inteligência das forças de segurança e também moradores antenados com a atividade criminosa. O bandido teria participação direta em mais de 300 homicídios na capital e ainda deu suporte para ataques contra rivais do Bonde do Maluco (BDM) em localidades de Salvador e região metropolitana, a exemplo do Calabar, Alto das Pombas, Engenho Velho de Brotas, Valéria e Ilha de Itaparica.

“Ele lidera o setor operacional do CV. Qualquer ataque na Bahia e em Sergipe passa por ele. É ele que fornece os armamentos, a estrutura e monta a tática. Também é ele que contacta Val Bandeira e Zoio de Gato. Caso não tenha a estrutura suficiente, aí pede para Val e Zoio”, afirma a fonte.

O movimento atual da Tropa do Cris ou Tropa do Mano acontece em Mirantes de Periperi, porta de entrada do Subúrbio Ferroviário de Salvador. O grupo já domina a localidade e agora é questão de tempo para avançar rumo aos outros bairros, promovendo ainda mais terror e pânico para a população.

“Buel não conhece essa região. Ele monta a estrutura e fornece toda logística. Quem comanda a ação no terreno é o indivíduo conhecido como Tchucky, um velho conhecido e que faz jus ao apelido. Ele é sanguinário. Nessa ação aí ele teve o apoio de Val Bandeira e Pai Pequeno, ambos do Nordeste, Galo da Candelária e Zoio de Gato do Cosme de Farias. Inclusive dos quatro presos de domingo, três são do Nordeste”, acrescenta.

Foto: Informe Baiano

Na região de Mirantes de Periperi, tanto no Morro como na Baixada, muros de dezenas de residências foram pichados. Os integrantes do CV exibem armas de grosso calibre, a exemplo de fuzis. Dois moradores, pessoas sem envolvimento com o crime organizado, foram mortos por bala perdida na semana que passou. Já na noite de sábado (13/04), um rival foi sequestrado e executado com mais de 100 tiros em um matagal na Rua Daniel Além. Tudo foi filmado e divulgado nas redes sociais. O CV ainda comemorou o fato de ter ganhado um fuzil da vítima.

Redes sociais

“Eles estão escondidos dentro do mato, estamos sufocando, mas impressiona a quantidade de munições que eles tem. Chegaram a trocar tiros com rivais do BDM e depois com a PM por mais de duas horas. Foram duas horas ininterruptas atirando de fuzil. Você sabe o que é isso? É inacreditável”, contou outra fonte do IB, obviamente, também sob anonimato.

Afinal, quem é Buel ou Cris ou O Mano?

O traficante é considerado do “O dono do Buracão” de Tancredo Neves. Ele mudou o apelido, que agora é chamado de Cris, uma referência ao seriado norte-americano ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, que retrata a rotina do adolescente do Brooklyn nos anos 80.

Subúrbio
Foto: redes sociais

A suspeita é que o criminoso ganhou esse vulgo durante do batismo como ‘cabeça-cara’ da facção carioca no Rio de Janeiro. Ele estaria vivendo na comunidade da Penha. Frio, calculista e apontado como empreendedor, ‘Buel’ teria laços com policiais e políticos. No campo financeiro, um dos seus investimentos é uma banda de pagode. “No Tancredo todo mundo sabe quem é o dono. Nem precisa mencionar o tal grupo musical”, disse uma fonte do IB. Depósitos de bebidas e de materiais de construção, peixaria, motel, salão de beleza e lojas de carro também fazem parte do seu patrimônio. Fala-se também em postos de combustíveis.

Em nota enviada ao IB, o escritório OSF Advocacia Especializada relatou que é falsa a informação de que o mesmo estaria vinculado a grupos criminosos e supostas “invasões” a bairros de Salvador, imputando ainda a conduta de “chefe de setor operacional” de uma organização criminosa e muitas outras condutas.

Os defensores disseram também que respeitam e admiraram todos os meios de
comunicação, que “são essenciais ao funcionamento de uma nação, bem como a liberdade de
imprensa é a base para todo Estado Democrático de Direito”.

Guarda Civil detém dois suspeitos praticando roubos em veículo no Campo da Pólvora

Agentes do Grupo de Apoio ao Turista da Guarda Civil Municipal realizavam patrulhamento preventivo na Avenida Joana Angélica, na madrugada desta segunda-feira (17), quando...

Brasil ganha as primeiras medalhas nos Jogos do Brics

As mulheres das artes marciais brilharam e conquistaram nesta sexta-feira (14/6) as primeiras medalhas da delegação brasileira nos Jogos do Brics, em Kazan, na...
Prefeitura Luis Eduardo Magalhães

Guarda Civil detém dois suspeitos praticando roubos em veículo no Campo da Pólvora

Agentes do Grupo de Apoio ao Turista da Guarda Civil Municipal realizavam patrulhamento preventivo na Avenida Joana Angélica, na...
Fundação Jose Silveira

Partidos vão receber R$ 4,9 bi para campanha nas eleições municipais

partidos que vão disputar as eleições municipais de outubro vão receber R$ 4,9 bilhões do Fundo Especial de...

Grupos criminosos são alvo da 13ª fase da Operação Unum Corpus

A Polícia Civil deflagrou a 13ª fase da Operação Unum Corpus, na manhã desta terça-feira (18), nos municípios do...

Palmeiras derrota o Atlético-MG por 4 a 0

O Palmeiras mostrou que é forte candidato ao título do Campeonato Brasileiro, pois foi até Belo Horizonte e goleou...

Guarda Municipal já recolheu mais de 1 mil animais silvestres em Salvador em 2024

Entre os meses de janeiro e junho de 2024, o Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa), da Guarda Civil...