Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Vitória da Conquista
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Vitória da Conquista

Professor de matemática brilha em meio à precariedade do ensino público da Bahia

“Vou aprender a ler
Pra ensinar meus camaradas.
Que noite mais funda calunga”
(Massemba, de Roberto Mendes e Capinan)

O professor baiano José Fábio de Araújo Lima é um campeão. Ele ficou entre os dez medalhistas de ouro da 1ª Olimpíada de Professores de Matemática do Ensino Médio, concorrendo com mais de 600 professores de escolas públicas e particulares de todo o país. A competição premia professores que descomplicam a matemática e deixam a disciplina mais próxima dos estudantes.

A entrega das medalhas ocorreu na terça-feira, 21, em Brasília, durante o Seminário de Práticas Exitosas no Ensino de Matemática, realizado pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o conselho gestor da Olimpíada. Como parte do prêmio, os dez medalhistas seguirão para Xangai em um intercâmbio técnico no Centro de Educação para Professores da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), na Shanghai Normal University.

O professor José Fábio é formado pela Universidade Estadual de Feira de Santana e ensina matemática no Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand, unidade escolar da rede estadual naquela cidade.

A conquista dele, que é merecedor das mais justas homenagens, ganha relevo especial quando se observa que 33,9% dos professores que davam aula de matemática nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio nas escolas baianas em 2022 não tinham formação adequada à disciplina que ministravam, segundo um estudo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Isso significa que um em cada três professores de matemática da rede pública de ensino da Bahia naquele ano não tinha a qualificação adequada para ministrar a matéria – e nada indica que houve alguma melhora nesse quadro de lá para cá.

Conduzido pelos pesquisadores Alvana Maria Bof, Luiz Zalaf Caseiro e Fabiano Cavalcanti Mundim, o estudo mostra que 36,3% dos professores de português atuando nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio das escolas baianas não tinham licenciatura nem formação acadêmica nesta disciplina. Mais grave era a situação dos professores de física (61,5% não tinham a formação adequada) e química (53,1%).

Na base desta distorção, no caso baiano, está sobretudo a gradativa e crescente substituição de professores concursados pelos redas – como são chamados os contratados provisoriamente pelo Regime Especial de Direito Administrativo. Explica-se: nos concursos públicos, as vagas são distribuídas pelas diversas disciplinas e a seleção é mais rigorosa. Já as seleções para contratação pelo Reda são mais flexíveis, menos exigentes. Estima-se que somente na área de educação, o Governo da Bahia mantém algo em torno de 40 mil redas.

O estudo do Inep evidencia que uma das causas da má qualidade do ensino que aflige as escolas públicas da Bahia é justamente a formação insatisfatória dos professores. Ou seja, faltam, à rede pública de ensino, mais professores como José Fábio, o nosso Medalha de Ouro. E sobram os improvisos resultantes da desenfreada contratação pelo Reda. Nessa conta, é óbvio, saem perdendo os estudantes.

José Carlos Teixeira
É jornalista, graduado em comunicação social pela Universidade Federal da Bahia e pós-graduado em marketing político, mídia, comportamento eleitoral e opinião pública pela Universidade Católica do Salvador

Confira o horário de atendimento da Hemoba no feriadão de São João

No feriado de São João, dia 24 de junho, todas as unidades da Hemoba na capital e no interior estarão fechadas, mas funcionarão normalmente...

Irará ganha escola de tempo integral e Governo anuncia pacote de obras em infraestrutura urbana, hídrica e segurança

A 47ª nova escola estadual de tempo integral foi entregue nesta quinta-feira (20) em Irará, cidade baiana localizada no território de identidade Portal do...
Prefeitura Porto Seguro

Confira o horário de atendimento da Hemoba no feriadão de São João

No feriado de São João, dia 24 de junho, todas as unidades da Hemoba na capital e no interior...
Fundação Jose Silveira

Confira o horário de atendimento da Hemoba no feriadão de São João

No feriado de São João, dia 24 de junho, todas as unidades da Hemoba na capital e no interior...

Irará ganha escola de tempo integral e Governo anuncia pacote de obras em infraestrutura urbana, hídrica e segurança

A 47ª nova escola estadual de tempo integral foi entregue nesta quinta-feira (20) em Irará, cidade baiana localizada no...

Baiana de acarajé morre dentro do Barradão após infartar durante o jogo Vitória x Atlético

Uma baiana de acarajé passou mal e acabou falecendo durante a partida o Vitória contra o América de Minas...

NÃO DEU! Bahia dá ‘apagão’ nos acréscimos e perde para o Flamengo no Maracanã

O Bahia deixou escapar um resultado positivo, na noite desta quinta-feira (20/06), no Maracanã (RJ). A equipe do técnico...