Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia

“LIBERA O TOIN”: confusão entre vereador e prefeito faz festa ser cancelada e liberada várias vezes em Mutuípe

O que era para ser apenas uma festa de forró na cidade de Mutuípe acabou virando uma disputa entre várias esferas da política, envolvendo ainda o Ministério Público (MP) e a Polícia Militar. Tudo começou com a criação do “Forró do Toin”, uma festa que supostamente celebraria Santo Antônio na quarta (12) e quinta-feira (13/06).

A festa foi proposta pelo vereador João Rauedys (PT), que também é pré-candidato a prefeitura da cidade, e conseguiu apoio do Governo do Estado. Atualmente, o prefeito Digão (PP) é do grupo político contrário e já demonstrou apoio a outro vereador como pré-candidato.

Conforme um dos advogados da Prefeitura de Mutuípe, Milton Pedreira, a festa foi organizada entre João e governo estadual sem passar pela esfera municipal. “Só chegou pra gente quando o vereador solicitou o espaço do centro de abastecimento para realização da festa, mas o pedido não trazia um estudo informando quantos banheiros seriam necessários, por exemplo”, explicou o profissional ao Informe Baiano.

Com o bloqueio, surgiram memes na internet sobre a situação, com mutuipenses pedindo para Digão “liberar o Toin” para João ou este último “parar de pedir o Toin” ao prefeito. Ainda conforme a Prefeitura, a justificativa dada pelo vereador é de que seria uma festa para promover a cultura e o turismo no município. Porém, o fato do petista ser pré-candidato gerou uma recomendação do MP para que o evento fosse cancelado, mesmo com o trio já na cidade.

Uma das justificativas usada pelo órgão foi de que, no outdoor de promoção da festa, constavam apenas o nome do governo do estado e de João Rauedys, sem nenhuma menção à prefeitura. Para o promotor João Manoel Santana, trata-se de “promoção de campanha política” com uso “da máquina pública”.

Um documento obtido pelo IB mostra que foi recomendado pelo MP na terça-feira (11/06), um dia antes da festa, que o vereador “Abstenha-se de veicular qualquer espécie publicidade, promoção e veiculação que contenha seu nome ou imagem relacionando-o diretamente à organização e realização do evento ‘ARRAIÁ DO TOIM’; efetuar a retirada do seu nome e imagem de qualquer peça e forma de publicização e divulgação do evento em que eventualmente tenha havido essa relação; que durante a realização do evento se abstenha de realizar, pessoalmente ou através de terceiros, qualquer promoção pessoal, utilização do seu nome e imagem ou uso de palavra”.

Ainda assim, no dia seguinte, mesmo sem a liberação oficial, um trio elétrico chegou a cidade para a realização da festa. A medida tomada pela Prefeitura “para garantir que se cumpra a recomendação do MP”, segundo o advogado, foi colocar ônibus e tratores cercando o trio elétrico, impedindo que o show fosse realizado na quarta-feira.

Moradores informaram ao Informe Baiano que houve um boato de que o governo estadual teria liberado a PM para guinchar os veículos e garantir a realização da festa, mas os veículos continuaram no local e não houve celebração no que seria o primeiro dia da festa. O vereador petista, então, entrou com uma liminar alegando que a festa era inteiramente do Governo do Estado. O juiz de 1º grau negou a liminar de João, mas ele recorreu ao Tribunal de Justiça e lá, após reanalisar o pedido, foi deferida a ação já na quinta-feira (13/06), após o cancelamento do primeiro dia.

Como o trio estava cercado de veículos, alguns deles foram guinchados para liberar o equipamento para a festa. A Prefeitura argumenta, entretanto, que a ordem judicial não tratava da retirada dos veículos.

“Fomos até o local para retirar tudo assim que a decisão saiu, mas, para nossa surpresa, já haviam guinchado uma Patrol que estava na frente do trio. Todos os outros carros nós quem tiramos, cumprindo a determinação da festa, mas essa patrol foi quebrada e ainda acabou indo para o pátio da PM em Santo Antônio de Jesus, causando apenas transtorno à prefeitura de retirar e consertar esse veículo que é de todos da cidade”, argumenta o advogado de Digão.

Com a retirada, o “Toim” foi liberado e a população participou do segundo dia da festa como se fosse o primeiro. “Hoje pela manhã nos deparamos com o que prevíamos: não houve nenhuma estrutura sanitária, a equipe de limpeza do município está a todo vapor limpando as ruas adjacentes que viraram banheiros a céu aberto. Isso é promover cultura e turismo?”, reclama Milton Pedreira.

O vereador João Rauedys foi procurado pela reportagem, mas, até o momento, ele não retornou o contato. O canal segue aberto.

Castramóvel realiza atendimentos no Abaeté até 16 de agosto

O Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, é o mais novo ponto de atendimento do Castramóvel, programa itinerante da Prefeitura para castração gratuita de...

Arena de Esportes de Bahia recebe II Copa Lauro de Freitas de Taekwondo neste domingo, 14

A II Copa Lauro de Freitas de Taekwondo e IV Festival de Parataekwondo acontecem neste domingo, a partir das 9h, na Arena de Esportes...

Castramóvel realiza atendimentos no Abaeté até 16 de agosto

O Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, é o mais novo ponto de atendimento do Castramóvel, programa itinerante da...
Fundação Jose Silveira

Castramóvel realiza atendimentos no Abaeté até 16 de agosto

O Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, é o mais novo ponto de atendimento do Castramóvel, programa itinerante da...

Arena de Esportes de Bahia recebe II Copa Lauro de Freitas de Taekwondo neste domingo, 14

A II Copa Lauro de Freitas de Taekwondo e IV Festival de Parataekwondo acontecem neste domingo, a partir das...

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Uma recomendação aos estados e os municípios para que intensifiquem a vigilância em saúde para a possibilidade de transmissão...

Ministério acompanha caso de aborto legal negado pela Justiça em Goiás

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, disse hoje (13), em uma rede social, que a pasta acompanha o caso...