IBGE: Salário médio de um trabalhador baiano foi o 6º menor do Brasil em 2022

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em 2022, o salário médio mensal pago aos trabalhadores assalariados do setor empresarial na Bahia era de R$ 2.839,60. O valor é abaixo da média nacional (R$ 3.542,19) no mesmo período e o 6º mais baixo do país.

Os nove estados da região Nordeste ficaram nas últimas posições no ranking do salário médio no setor empresarial, com Paraíba (R$ 2.636,51), Alagoas (R$ 2.645,65) e Piauí (R$ 2.781,60) como os piores. Acima da Bahia, estão Sergipe (R$2.492,77), Rio Grande do Norte (R$2.919,47) e Pernambuco (R$2.846,30). Maranhão e Ceará completam a lista com cerca de R$ 2,7 mil aproximadamente.

Do outro lado, as maiores remunerações médias ficaram com Distrito Federal (R$ 5.902,12), Amapá (R$ 4.190,94) e São Paulo (R$ 4.147,84).

Onde os baianos trabalham

O levantamento aponta ainda que, embora empresas de administração pública sejam apenas 0,9% das unidades empresariais da Bahia (4.328), é aqui que trabalham mais de um quarto dos baianos (28,0% ou 679.839 pessoas).

O comércio, apesar de reunir mais pessoas ocupadas (642.212 trabalhadores), tinha menos assalariados que a administração pública, com um contingente de 448.957 empregados da Bahia, 18,5% do total. O levantamento diferenciou assalariados e empresários – 9 em cada 10 unidades ativas na Bahia eram consideradas microempresas, com no máximo 9 assalariados.

Um fato curioso nessa relação é que, em 2022, o salário médio de um trabalhador da administração pública foi de R$3.809,35, enquanto o de um funcionário do comércio era de R$ 1.846,10.

Números totais

Ainda conforme o IBGE, no mesmo ano, havia na Bahia 469.986 unidades locais de empresas formais, que contavam com 2.978.368 pessoas ocupadas. Destes, 549.064 eram proprietárias/sócios, e 2.429.304 eram empregadas assalariadas. Nos quatro indicadores, a Bahia apresentava o 7º maior contingente do Brasil e o maior das regiões Norte e Nordeste.

O estado responde por 4,4% das 10.607.102 unidades locais de empresas formais do Brasil. Em relação ao pessoal ocupado, a Bahia tinha 4,7% do total nacional.

Festival de Arte do Alto do Cabrito segue com ações gratuitas até domingo (21)

A quarta edição do Cabrito Berra – Festival de Arte do Alto do Cabrito leva ao bairro, no Subúrbio de Salvador, uma programação extensa...

Linha 2 do metrô registra lentidão após novo furto de cabos

A linha 2 do sistema metroviário de Salvador registra lentidão na manhã desta quarta-feira (17/07). A informação foi confirmada ao Informe Baiano pela CCR...

Festival de Arte do Alto do Cabrito segue com ações gratuitas até domingo (21)

A quarta edição do Cabrito Berra – Festival de Arte do Alto do Cabrito leva ao bairro, no Subúrbio...
Fundação Jose Silveira

Festival de Arte do Alto do Cabrito segue com ações gratuitas até domingo (21)

A quarta edição do Cabrito Berra – Festival de Arte do Alto do Cabrito leva ao bairro, no Subúrbio...

Linha 2 do metrô registra lentidão após novo furto de cabos

A linha 2 do sistema metroviário de Salvador registra lentidão na manhã desta quarta-feira (17/07). A informação foi confirmada...

NÃO VÁ QUE É BARRIL! Motociclistas atiram no PETO da 20ª CIPM em Cachoeira

Policiais do Pelotão Especial da 20ª CIPM em patrulhamento de rotina na cidade de Cachoeira suspeitam de dois homens...

Presidente do União Brasil diz que não há casos de coligação com PT: “Não é motivo de preocupação”

O deputado federal Paulo Azi, presidente estadual do União Brasil, afirmou que a possibilidade de coligação com a federação...