EXCLUSIVO!!! Deputado Azi pode assumir Casa Civil de Neto, mas preso da Lava-jato atrapalha negociação

A notícia já é certa, a pasta é a Chefia da Casa Civil, mas há um empecilho e o nome dele é Luiz Argôlo. O ex-deputado investigado na Lava-jato foi candidato pelo Partido Solidariedade e é o primeiro suplente da coligação onde o deputado federal Paulo Azi foi eleito com mais de 100 mil votos. O prefeito Neto não quer nem ouvir falar do político preso e teme que alguma coisa respingue na sua imagem. Porém, como Argôlo está preso, automaticamente, ele ficaria impedido de assumir o mandato. Um dos objetivos da articulação é favorecer o segundo suplente Pastor Luciano (DEM) que quer realizar o sonho de ir para Brasília de qualquer jeito. Mas ainda há outras questões. Com a provável chegada de Azi, considerado o parlamentar mais influente da gestão ACM Neto, Luiz Carrera deixaria o cargo e entraria de vez na briga pela disputadíssima vice do prefeito de Salvador. A mudança deve ocorrer em abril, logo após o deputado federal do DEM destinar uma emenda parlamentar de R$500 mil para a capital baiana. Ano passado, ele encaminhou R$1 milhão para construções de escadarias e limpezas de canais. Azi, é vice-líder do DEM na Câmara e membro do estratégico Conselho de Ética do Parlamento Federal.

Últimas Noticias

Pesquisa indica queda da anemia em crianças de até 5 anos

A prevalência de anemia em crianças brasileiras de 6 meses a 5 anos caiu de 20,9% para 10,1% entre...