Prisão de mulher na Pituba durante operação Acarajé deixa petistas baianos tensos

A prisão da secretária executiva Maria Lúcia Guimarães Tavares na 23ª fase da operação Lava-jato, em Salvador, tem causado pânico na cúpula baiana do PT, segundo informações divulgadas hoje (23) pela coluna Satélite do jornal Correio. A mulher é desconhecida no meio político, mas é considerada um dos principais arquivos-vivos sobre distribuição de dinheiro de empreiteiras para as campanhas de 2008 a 2012. Maria Lúcia foi detida no apartamento em que mora na Pituba e rapidamente encaminhada para o Paraná, sede da operação, onde aguarda para prestar depoimento. Ontem (22) em entrevista ao Jornal Nacional da TV Globo o ministro Jaques Wágner estava visivelmente tenso com os rumos da ação da Polícia Federal, mas afirmou que todas as doações que as campanhas petistas receberam foram feitas legalmente. Agora é esperar e aguardar os próximos capítulos.

Mulher é estuprada e esfaqueada por traficantes em Salvador

Uma jovem de 18 anos passou por momentos de terror na madrugada deste sábado (19/09), no bairro de Castelo Branco, em Salvador. De acordo com a fonte...

DTE de Conquista impede envio de cocaína via transportadora

A tentativa de enviar pasta base de cocaína do interior para a capital baiana foi frustrada, na tarde de sexta-feira (18), pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes...

Caminhão e Voyage são recuperados em ações distintas da PRF no extremo sul baiano

Durante esta quarta-feira (16), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou dois veículos com registro de furto. As ações foram operacionalizadas na BR 101, durante fiscalização rodoviária de...

Mototaxista é assassinado na Avenida Suburbana

Um motaxista de 22 anos foi assassinado na tarde desta sexta-feira (18/09), na Avenida Suburbana, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 15h30, em frente ao...