Confusão entre coronel, delegado e soldado após tiroteio em Stella Maris

O tenente-coronel da PM Muniz, lotado na Casa Militar do Governador, teria determinado a prisão do delegado do DHPP, Odair Carneiro (Foto), responsável pela desarticulação de diversas quadrilhas em Salvador e do Soldado Tibério do Vale Alencar, que atua no Serviço de Inteligência da PM, após um tiroteio que aconteceu no bairro de Stella Maris, em Salvador, no último sábado (7), de acordo com a ASPRA – Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia. Uma criança ainda não identificada foi atingida por um dos disparos. Em nota oficial, a ASPRA  disse que o oficial cometeu abuso de autoridade e ainda confundiu os agentes com marginais. Tanto o delegado, como o soldado, prestaram esclarecimentos nas respectivas corregedorias e já estão em liberdade.

De acordo com uma testemunha em contato com o Informe Baiano, o tenente-coronel foi agredido com chutes e socos ao avistar o delegado Odair, o soldado Tibério e mais três homens no meio da rua armados e com um veículo Hilux com placa amassada. Uma viatura da 15ª Companhia Independente foi acionada para a ocorrência.

A assessoria da Polícia Civil afirmou que o delegado Odair, na verdade, não foi preso, ao contrário da informação divulgada pela ASPRA. O que houve, na verdade, foi a prisão do soldado por desacato ao oficial superior da PM.

Veja abaixo o comunicado da Aspra.

“O delegado Odair e soldado Tibério estavam em um aniversário em um condomínio fechado no bairro de Stela Mares, por volta das 16 horas de sábado, quando ouviram cerca de 10 disparos que estariam sendo deflagrados na via principal do bairro. Temendo que colegas que haviam acabado de sair do aniversário estivessem sendo vítimas de mais uma tentativa de assalto, comuns no bairro, saíram para verificar o que ocorria, quando flagraram os dois carros conduzidos por homens que trocavam tiros. Os desconhecidos em um dos veículos conseguiram fugir mas o outro carro foi interceptado pelos policiais. No interior do veículo, uma mulher baleada. Enquanto os policiais realizavam a abordagem padrão dos homens que se identificaram militares, a mulher correu para o interior de um bar, saindo do estabelecimento na companhia do tenente coronel , que buscaria prestar socorro à desconhecida. Daí em diante, o Ten Cel PM Muniz adotou procedimento abusivo que não só propiciou a fuga dos homens envolvidos no tiroteio, como da mulher baleada. O tenente-coronel tentou uma abordagem da gente, mesmo após explicarmos que éramos policiais que interceptaram o veículo com homens envolvidos em um tiroteio”, disse o soldado PM. Após discussão verbal, os policiais retornaram à festa, que foi cercada por equipes da PM, convocadas para a prisão dos policiais Odair e Tibério. ‘O tenente-coronel invadiu a festa, humilhou os convidados e quebrou utensílios da residência’, reclamou o coordenador administrativo da Aspra. O delegado e o PM foram levados às respectivas corregedorias, onde o tenente-coronel relatou que os conduzidos estavam próximo ao local onde ocorreu o disparo de arma de fogo,’fato que não foi confirmado’, afirmou o advogado. Depois de passarem a noite tentando esclarecer o fato, o advogado da Aspra e o coordenador administrativo conseguiram o alvará de soltura dos policiais. ‘Foram 12 horas de muito trabalho, mas graças a Deus, conseguimos provar que policiais foram presos simplesmente por cumprirem sua missão e busca da paz social. Enquanto nossos policiais forem vítimas de abusos, trabalharemos intensamente’ , afirmou o coordenador da Aspra, Soldado A. Santos. Conforme explicou os supostos policiais antes de fugir, o tiroteio foi resultado de uma briga com um policial por ciúmes da mulher que foi baleada”.

Operação Castanheira apreende 5 armas na zona rural de Jequié

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) desencadearam mais uma etapa da Operação Castanheira que teve como objetivo o...

Operação em Camaçari localiza integrantes de facção em casa alugada

Três criminosos integrantes de uma facção, envolvidos com roubos de carros, tráfico de drogas e crimes contra a vida, foram capturados, na tarde de sexta-feira (25/09), pelas...

Troca de tiros e um baleado no Calabar

Uma operação da 41ª Companhia Independente na noite de sexta-feira (25/09), no Calabar, resultou em tiroteio e apreensões. De acordo com a fonte do Informe Baiano, a ação...

Assaltantes de ônibus trocam tiros com a PRF e morrem em Alagoinhas

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam duas armas de fogo, dez munições calibre .38, um simulacro de pistola e impediram uma tentativa de assalto a transporte...