Setenta mulheres presas após sessão de vaias para deputada Tia Eron em avião

Setenta mulheres petistas, que estavam no mesmo voo dos deputados Tia Eron, Paulo Azi, Aleluia e Jutahy Magalhães Júnior, foram presas após promoveram uma sessão de vaias contra a parlamentar ligada a Igreja Universal na tarde desta terça (10). De acordo com testemunhas em contato com o Informe Baiano, as militantes gritaram “não vai ter golpe”e “Tia Eron, você não nos representa”. Após o ato, o piloto convocou a Polícia Federal e todas foram presas.

“Gostaria de avisar que a delegação da Bahai, cerca de 70 mulheres, está presa, detidas pela Polícia Federal na Aeronave da TAM no Aeroporto KK em Brasília a mais de 40 minutos por que Tia Eron, Aleluia, Juthay, comissários/as, piloto e co-piloto sentiram-se incomodados com a nossa presença. Estamos sendo coagidas a fornecer nossos documentos na tentativa de sermos dirigidas a delegacia”, escrevem uma das militantes. Elas vão participar da 4ª Conferência Nacional de Mulheres, em Brasília.

A deputada federal Alice Portugal gravou um vídeo e postou em suas redes sociais. Assista!

Luiza Maia repudia ação da PF em voo da TAM

A líder da bancada feminina da Assembleia Legislativa, deputada Luiza Maia (PT), repudiou a postura da Polícia Federal e do comandante do voo 3437, da TAM, que detiveram 73 delegadas baianas que seguiam para a 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, no aeroporto de Brasília, nesta terça-feira (10). As militantes cantaram palavras de ordem contra o golpe e deputados da direita, presentes no voo, não gostaram.

“Não podemos aceitar uma coisa dessa, a ditadura está voltando? Conduzir nossas representantes da Conferência porque deputados federais golpistas não gostaram do que ouviram? Registro meu repúdio à postura da Polícia Federal e do comandante da aeronave, que só pode ser golpista também”, afirmou a parlamentar.

Luiza Maia lamentou ainda a situação difícil que o país tem passado, que beira um estado de exceção. A Conferência da Mulher começa nesta terça e vai até quinta-feira (12), na capital federal.

 

TAM2

Últimas Noticias