SERÁ? “Se eu lutar, vai ser contra McGregor”, diz Floyd Mayweather

Agora não é mais pura especulação: saiu da boca do próprio Floyd Mayweather Jr, multicampeão de boxe aposentado desde setembro passado. “Money” afirmou, em entrevista ao canal de YouTube “EsNews”, que está em negociação para enfrentar Conor McGregor, atual campeão peso-pena do UFC. Mais: afirmou que só abandonaria sua aposentadoria e calçaria luvas novamente se fosse para enfrentar o falastrão irlandês.

Matéria McGregor e Mayweather (Foto: GloboEsporte.com)
Floyd Mayweather (esq.) elogiou a trocação de McGregor: “Mais rápido do que eu esperava”

– Se eu lutar, só vai ser contra Conor McGregor, essa vai ser a única luta, contra ninguém mais. Esse confronto é tão intrigante! Um lutador contra um lutador de MMA, um dos melhores lutadores de MMA a lutar em pé. Quando o vejo lutar, ele é um pouco mais rápido do que eu achava que ele era. Se fizermos a luta acontecer, não vou subestimá-lo. Tenho certeza que, se fizermos a luta acontecer, ele vai me levar ao limite – declarou Mayweather.

A especulação em torno da luta começou há duas semanas, com a publicação de uma notícia no tabloide inglês “The Sun”, que alegava que o duelo estava próximo de ser acordado e que Mayweather receberia 100 milhões de libras (R$ 504,8 milhões), enquanto McGregor receberia 7 milhões de libras (R$ 35 milhões). O jornal acertou o número de “Money”, mas errou a moeda: o pugilista afirmou que pretende receber US$ 100 milhões (R$ 350 milhões), e garantiu que pode obter um “ótimo pagamento” para seu rival irlandês, a quem rasgou elogios e inclusive relativizou sua derrota para Nate Diaz numa categoria superior de peso. Segundo Mayweather, o confronto entre os dois pode superar a marca de vendas de pacotes de pay per view obtida por sua luta contra Manny Pacquiao em 2015, de mais de 4,6 milhões de vendas.

– Ele é duro, é um competidor duro. Toda vez que ele luta, ele arrebenta em pé. Se a luta acontecer, que eu acredito de verdade que vai quebrar recordes, sou abençoado demais e não posso subestimá-lo. Acho que, na última luta dele, o outro cara era muito pesado, mas ele vai ficar bem, e acredito que podemos fazer um plano de mestre para que a luta aconteça. Ainda não aconteceu, mas fechamos algumas datas, eu e minha equipe, em países diferentes e cidades diferentes nos EUA, e vocês já sabem qual é meu número: US$ 100 milhões. Essa é só uma garantia – disse o ex-pugilista.

Mayweather ainda acrescentou que segue na intenção de contratar Jon Jones, campeão interino dos pesos-meio-pesados do UFC, para sua equipe de gerenciamento, o “The Money Team”.

may mac cartaz


Fonte: Combate

Últimas Noticias

A nova grande atualização do Android já está disponível

Além do Pixel 6 e do Pixel 6 Pro, a apresentação da Google desta terça-feira, dia 19, serviu para...