CÂMBIO: Dólar amplia levemente queda e vai a R$ 3,49 após Yellen

O dólar ampliou levemente a queda e bateu em R$ 3,49 nesta segunda-feira, após a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, manter o tom majoritariamente otimista sobre as perspectivas econômicas para os Estados Unidos, mas ressaltar os dados fracos recentes sobre o mercado de trabalho.

A moeda norte-americana vinha recuando desde o início da sessão, em meio à alta nos preços de commodities, incluindo o petróleo. O cenário político brasileiro ainda alimentava cautela entre os investidores, com mais notícias sobre denúncias envolvendo figuras do governo e da oposição.

Às 14h55, o dólar à vista recuava 0,88%, a R$ 3,4978 na venda.

O Banco Central não anunciou qualquer intervenção cambial para esta sessão, mantendo-se ausente do mercado pelo quarto pregão seguido.
Mas o nível do dólar a R$ 3,50 chama atenção dos investidores porque o BC diversas vezes atuou no mercado de forma a elevar o dólar quando recuou abaixo desse patamar. Alguns operadores acreditam que a autoridade monetária quer proteger as exportações da depreciação cambial, apesar dos impactos inflacionários da alta do dólar.

- Advertisement -

* Agência Reuters

Últimas Noticias