Bahia vence o Fortaleza no Castelão e abre boa vantagem no duelo

Além de manter os 100% de aproveitamento, o Esquadrão de Aço pode perder por até 1 a 0 no jogo de volta que se classifica para a semifinal do Nordeste.

Com dois belos gols de Juninho, o Bahia venceu o Fortaleza por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão, pela rodada de ida das quartas de final do Copa do Nordeste. Com o resultado, o Esquadrão de Aço traz para Salvador uma boa vantagem para o jogo de volta, domingo, na Arena Fonte Nova.

O jogo:

O Bahia entrou em campo o time um pouco diferente daquele que venceu o Bahia de Feira por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, no último domingo. As novidades ficaram por conta do zagueiro Lucas Fonseca, que entrou no lugar de Robson, e do lateral-esquerdo João Paulo Gomes, no lugar de Moisés. Com isso, a escalação foi a seguinte: Marcelo Lomba; Hayner, Lucas Fonseca, Dedé e João Paulo Gomes; Feijão, Paulo Roberto e Juninho; Luisinho, Edigar Junio e Thiago Ribeiro.

O Tricolor começou a partida bem, com uma postura segura na zaga e explorando os flancos do time do Fortaleza. No entanto, foram os donos da que acabaram abrindo o placar. Logo aos 7 minutos, Willians Simões avançou pela esquerda e cruzou para Juninho mandar a bola para o fundo das redes.

O gol sofrido abalou as estruturas do Bahia que demorou a assimilar o golpe. Até que, aos 32 minutos, o volante Juninho, do Esquadrão de Aço, soltou uma bomba de fora da área. Ricardo Berna ainda tocou na bola mas não foi o suficiente para evitar o gol de empate.

4 minutos depois, Juninho resolveu arriscar mais um chute e se deu muito bem. O volante acertou um petardo, sem chance alguma para Ricardo Berna.

À frente do placar, o Bahia se soltou mais no jogo e começou a dominar as ações no estádio do Castelão. Tanto que, no finalzinho do 1º tempo, aos 46 minutos, o Tricolor teve a chance de fazer o terceiro com Thiago Ribeiro, após um belo lançamento de Hayner, mas Ricardo Berna acabou fazendo uma bela defesa.

E o 1º tempo terminou assim mesmo: Fortaleza 1 x 2 Bahia

2º Tempo

Na etapa complementar, o Fortaleza, perdendo por 2 a 1, teve que correr atrás do prejuízo e foi para cima do Bahia. Logo aos 3 minutos, Everton cobrou falta com muito perigo e a bola passou perto. Aos 10, Everton recebeu uma bola nas costas do lateral Hayner, invadiu a área, mas Lomba saiu bem e fez uma grande defesa.

Após uma pequena superioridade do Fortaleza nos primeiros 15 minutos, o Bahia voltou a dominar o jogo, principalmente aproveitando os espaços oferecidos pelo time cearense. O problema é que o Tricolor baiano não conseguia encaixar o último passe para ampliar o marcador.

Quando conseguiu, quase que o terceiro gol saiu. Edigar Junio, com muita categoria, se livrou de três marcadores, cruzou para Luisinho que tentou de letra e Ricardo Berna acabou fazendo a defesa.

Quem assustou mesmo a torcida do Bahia foi Marcelo Lomba. O goleiro saiu mal do gol, aos 28 minutos, e acabou socando a bola no pé de Anselmo que acabou chutando para o gol vazio. Por sorte, a bola caprichosamente foi para fora.

No final do 2º tempo, o jogo ficou lá e cá. Aos 38, o Bahia assustou com Luisinho. O atacante ganhou na velocidade para a defesa do Fortaleza e chutou no cantinho. Ricardo Berna se esticou todo para fazer uma boa defesa.

Já aos 41, Clebinho colocou a bola na cabeça de Juninho que obrigou a Marcelo Lomba a fazer uma grande defesa. Lomba ainda salvou a pelo do Tricolor aos 48 minutos, após um chute de Jean Mota.

Final de jogo: Fortaleza 1 x 2 Bahia. Com o resultado, o Esquadrão de Aço pode até perder por 1 a 0 que se classifica para a semifinal da Copa do Nordeste. A partida de volta está marcada para domingo, às 16h, na Arena Fonte Nova.

 

por  ecbahia.com