“Ódio racial”, dispara Bebeto sobre agressões contra ator e criança em Salvador

Em nota divulgada nesta quinta (14/06), o deputado federal Bebeto Galvão (PSB) classificou a agressão sofrida pelo ator Leno Sacramento, do Bando de Teatro Olodum, que foi baleado durante uma abordagem policial, como “deplorável”. O fato aconteceu na quarta (13/06), na Avenida Sete de Setembro, em Salvador.

“Infelizmente, vivemos numa sociedade racista que atinge simbólica, psicológica e fisicamente o homem negro e a mulher negra. Em menos de uma semana, aconteceram dois fatos em Salvador de racismo institucional e que chocou, profundamente, a comunidade negra e revelou escancaradamente as práticas de ódio racial de parte da sociedade e representantes das forças de segurança pública e privada. O outro, envolveu uma criança num dos principais shoppings da cidade. Imagine quantos casos acontecem diariamente sem que tenhamos conhecimento?”, questionou o parlamentar, que complementou.

“Como membro da CPI do Extermínio da Juventude Negra repudio estes fatos, sobretudo na Bahia, Estado que tem a predominância de sua população negra. Para tanto, peço rigor nas investigações e punição aos envolvidos. Não podemos aceitar que práticas racistas continuem matando a nossa população de uma maneira tão cruel e injusta, finalizou Bebeto.

Relacionados