LAJE: Mãe é presa por conivência no estupro da filha de 6 anos

A lavradora Maria Cláudia de Jesus Santos, de 30 anos, acusada de conivência no estupro da própria filha de 6 anos, pelo companheiro e também lavrador Cremildo de Jesus dos Santos, foi presa, nesta quarta-feira (15), por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), de Laje. Ela tinha mandado de prisão preventiva em aberto, cumprido em sua casa, no povoado de Areia Fina, distante 217 quilômetros de Salvador.

Há cerca de um mês, a criança se queixou de dores na região íntima à professora, que, ao questioná-la sobre o que havia ocorrido, acabou descobrindo que ela fora abusada mais de uma vez pelo padrasto. O Conselho Tutelar de Laje foi informado sobre a situação e procurou o delegado titular Edílson Campos Alves, para fazer a denúncia.

O delegado solicitou exame de corpo delito e o resultado confirmou o estupro. A Justiça já expediu mandado de prisão preventia para Cremildo, que está foragido e é procurado pela polícia. Maria Cláudia, que negou saber dos abusos, será encaminhada ao sistema prisional.

Últimas Noticias

Mais de 800 quilos de explosivos irregulares são encontrados na Chapada

Durante o desdobramento da Operação realizada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e a 13ª...