Morto em tiroteio em Águas Claras era gerente do BDM

Uma operação integrada deflagrada, na tarde de sábado (11), no bairro de Águas Claras, recuperou uma pistola da Polícia Militar. A arma estava com um traficante que tentou fugir, mas foi cercado por equipes da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cajazeiras), com apoio de helicóptero do Grupamento Aéreo (Graer).

Após denúncias e mapeamentos, os militares cercaram a localidade denominada Labirinto e iniciaram abordagens e varreduras. Na Rua Elísio Medrado, homens armados que integram o Bonde do Maluco (BDM) dispararam contra os PMs e fugiram. Um deles foi seguido pelo helicóptero e continuou atirando.

O traficante Jonatas dos Santos Martins acabou ferido, foi levado para o hospital Eládio Lasserre, mas não resistiu. O criminoso é apontado como gerente de uma quadrilha que atua na região e é liderada por ‘Cote’.

Com Jonatas foram apreendidos uma pistola com brasão da PM calibre 40, carregador e munições. O caso foi registrado, na Corregedoria, que vai apurar como a arma foi parar na mão do criminoso.

Relacionados