Assassino de travesti Neném queria se vingar de rivais da Gamboa; vítima é enterrada

Amigos e familiares da jovem travesti Sheila Santos, também conhecida como Neném, deram o último adeus a vítima nesta segunda (27) no Cemitério Campo Santo, bairro da Federação, próximo a residência da vítima. Centenas de pessoas participaram o enterro e exigiram justiça. Em contato com o Informe Baiano, um amigo afirmou que o objetivo do assassino, na verdade, era se vingar de rivais que moram na Gamboa, pois teria sido expulso da localidade, onde realizava tráfico de drogas. “Os caras expulsaram ele, porque ele era vacilão. E aí, ele retornou dias depois com um carro branco e já chegou atirando. Baleou quatro pessoas e matou Neném. O nome dele é Geovane Santos e pode ter certeza que se a Polícia não pegar, a comunidade vai pegar”, contou.

A vítima foi visitar o irmão, que é morador de rua. “Ela era usuária, sim, todos sabem. Mas era uma pessoa de bem e uma coisa não tem nada a ver com a outra. Foi visitar o irmão, ela sempre o visitava. Estava no lugar errado, na hora errada. Essa é a verdade”, finalizou. O DHPP – Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa investiga o crime.

Nenem arte2 Nenem enterro

Últimas Noticias

Entrega voluntária e aborto legal são debatidos por integrantes dos sistemas de Justiça e de Saúde

A entrega voluntária e o aborto legal foram debatidos durante a manhã da ultima sexta-feira (5), por integrantes dos...