Vitória encara o Vasco no Barradão em busca de tranquilidade

O Brasileirão ainda tem 15 rodadas a serem disputadas, mas o duelo que será travado neste domingo (9), às 19h, no Barradão, ganhou ares de decisão. Adversários diretos na luta contra o rebaixamento, Vitória e Vasco buscam posições mais confortáveis na competição.

Apenas dois pontos separam as equipes. O Vitória soma 26. Já o Vasco, 24. Ou seja, se perder o jogo deste domingo (9), o Leão será ultrapassado pelo adversário carioca. Por outro lado, se vencer, além de curtir uma dose de tranquilidade, o rubro-negro aumentará ainda mais a crise do rival.

Apesar do risco eminente, o Vitória vive situação mais confortável que o adversário e não apenas pela pontuação. Invicto há três rodadas, o Leão parou de passar vexame na Série A. Em duas semanas, o time comandado pelo técnico Paulo Cézar Carpegiani deixou a zona de rebaixamento e protegeu suas traves. Sem sofrer gols há três jogos, a zaga rubro-negra passou a se impor diante dos adversários, apesar de ainda amargar o título de pior defesa do campeonato, com 40 gols sofridos.

Para manter o clima de positividade que, aos poucos, toma conta da Toca do Leão, é preciso vencer o Vasco. Apesar das melhorias proporcionadas pelo técnico Paulo Cézar Carpegiani, a luta contra o rebaixamento ainda é uma realidade.

Por isso, o Vitória precisa fazer o dever de casa. A última derrota como mandante aconteceu no dia 19 de agosto, quando o Leão perdeu para o Palmeiras, por 3×0, na estreia de Carpegiani. De lá pra cá, venceu Atlético Mineiro e América, ambos por 1×0. Os dois tentos foram marcados pelo centroavante Léo Ceará, único jogador a balançar a rede após a troca de comando técnico do Vitória.

O Vitória precisará manter o bom desempenho da zaga nos últimos jogos e ser mais propositivo no ataque se quiser sair com os três pontos do Barradão. “A equipe está muito bem na parte defensiva, está bem, está firme, mas para vencer temos que impor nosso ritmo. Temos que, em casa, buscar o resultado”, afirmou o técnico Carpegiani após avaliar as dificuldades que o time teve para encontrar o caminho do gol no empate em 0x0 com o Fluminense, na última quinta-feira (6), no Maracanã.

Crise no rival
Os números do adversário de hoje mostram que essa é mesmo uma boa oportunidade para se impor como mandante. O Vasco é dono da segunda pior campanha como visitante do campeonato. Só está à frente do Paraná. O time carioca tem apenas 13% de aproveitamento longe de seus domínios. Em 10 jogos, acumula quatro empates e seis derrotas. Em crise, o alvinegro ainda não conseguiu comemorar um triunfo fora de casa no campeonato.

Em ascensão, o Vitória é dono da sexta melhor campanha do returno. Atrás de Palmeiras, Santos, Internacional, América-MG e Ceará, o rubro-negro somou sete pontos em 12 possíveis, após dois triunfos, um empate e uma derrota. A ideia é subir ainda mais nesse ranking após o jogo deste domingo (9). O Leão deve entrar em campo com Ronaldo, Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Leo Gomes, Rodrigo Andrade, Yago e Erick; Neilton e Léo Ceará

Relacionados