Juiz brasileiro da final da Copa América é confundido com traficante

O árbitro brasileiro Héber Roberto Lopes, que apitou a final da Copa América entre Chile e Argentina, foi confundido com um traficante por um site peruano.

O Liberto.pe publicou fotos de um homem de aparência similar a de Heber rodeado de mulheres, em encontros supostamente ocorridos após o jogo de domingo. O portal deu a entender que o brasileiro poderia ter comprometido sua atuação na final em troca dos encontros amorosos. Mais tarde, porém, correu nas redes sociais a informação de que o homem na foto seria o narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, fuzilado no início do mês na fronteira entre Paraguai e Brasil.

O site espanhol Super Deport disse, por sua vez, que o cidadão em questão não seria nem Héber e nem Rafaat, mas sim um paraguaio chamado Carlos Álvaro Bastos, que, ao saber da confusão, foi ao Facebook e postou: “Excelente dia a todos. Diante dos rumores que me relacionam a um narco que nem sei como se chama, quero declarar que estou mais vivo e feliz do que nunca, desfrutando a vida, alternando como sempre trabalho e diversão”.

A atuação de Héber na final da Copa América foi bastante discutida por jogadores de ambas as seleções. Ele chegou, inclusive, a protagonizar um lance bizarro com Messi.

Últimas Noticias

Pfizer antecipa entrega de doses da vacina pediátrica contra covid-19

O Ministério da Saúde informou que a Pfizer antecipará mais um lote de 1,8 milhão de vacinas pediátricas contra...