Hospital municipal será erguido em Boca da Mata

Com investimento de R$ 120 milhões, o primeiro hospital municipal de Salvador teve a ordem de serviço assinada nesta quarta-feira, 6, pelo prefeito ACM Neto, no terreno onde será edificada a unidade, em Boca da Mata. A previsão é que a obra, iniciada nesta quarta com a terraplanagem da área, seja finalizada em até dois anos e sejam atendidos no local 60 mil pacientes e que sejam realizados mil internamentos por mês.

A unidade iniciará os atendimentos com 210 leitos de internação, sendo 150 de atendimento geral, 30 pediátricos e 30 na internação intensiva – 20 de adultos e dez de crianças. Haverá outros 30 leitos de observação – 20 de adultos e dez de crianças -, onde será feita triagem “mais intensa”, segundo o secretário da Saúde, José Antônio Rodrigues.

Do valor investido – recursos próprios do município -, R$ 80 milhões são somente para a obra. O restante (R$ 40 milhões) é destinado à compra de mobiliário e equipamentos. A unidade, que funcionará 24 horas, terá 12 mil m² de área construída. O hospital, que será erguido na Via Coletora B, no final de linha de Boca da Mata, funcionará 24 horas para atendimentos de urgência e emergência.

“Inicialmente, funcionará com 210 leitos, podendo chegar a 300. Essa região é uma das mais populosas da cidade e não há nenhum atendimento de urgência e emergência por aqui. O hospital vai oferecer justamente isso e ajudar a desafogar a demanda que existe de cirurgias eletivas em nossa cidade”, afirmou o prefeito.

Acesso

Questionado sobre os acessos para o hospital, Neto disse que “não poderia existir melhor localização. Ele está a 15 minutos do centro da cidade pela BR-324, a 15 minutos da região do aeroporto, de São Cristóvão e de Mussurunga pela Estrada Velha do Aeroporto. A partir da Via Regional, pode-se ter acesso ao miolo da cidade”, disse o prefeito.

Líder comunitário, o aposentado Manuel dos Santos, 56, afirmou que a implantação da unidade é positiva e que os moradores da região sofrem para receber atendimento médico. “Perdi um amigo que infartou e morreu na BR-324, porque não conseguiu chegar a tempo no hospital”, disse.

O secretário da Saúde, José Antônio Rodrigues, destacou que ainda não há definição para o gerenciamento. “Não temos ainda a solução definitiva para a gestão hospitalar. Pode ser uma parceria público-privada e poderemos utilizar os investimentos dela na área de mobiliário e equipamento ou através do modelo de organizações sociais”, frisou.

Segundo Rodrigues, o hospital visa atender a uma necessidade da rede municipal de urgência formada pelas nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que têm 216 leitos de observação.

Especialidades

O hospital terá consultórios nas especialidades de: cardiologia, cirurgia geral, neurologia, cirurgia pediátrica, pediatria, medicina generalista, ortopedia e traumatologia, além de serviço social  e pré-consulta de enfermagem, sala de coordenação e de atendimento.

A estrutura envolverá, ainda, serviços de day hospital, bioimagem, exames laboratoriais, além de apoio pós-alta médica. Também haverá uma base do Samu. Haverá, também, um serviço de acompanhamento após a alta médica que será realizado por uma equipe de atendimento domiciliar.

Ultimas Noticias

FCM oferece cursos gratuitos para jovens em parceria com o Senai

Os centros municipais de Convivência Socioassistencial, que são geridos pela Fundação Cidade Mãe (FCM) e localizados nos bairros de Canabrava, Engenho Velho de Brotas...

Consórcio do Nordeste lança edital para compras coletivas de saúde

O extrato do primeiro edital de compras coletivas do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste será publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial...

Agricultura familiar marca presença em encontro internacional Brasil-Alemanha

A agricultura familiar da Bahia está presente na 37ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), o mais importante evento focado nas relações entre os...

Brasileiras sofrem primeira derrota na Copa do Mundo de Vôlei

ASeleção feminina amargou nesta manhã seu primeiro revés, em jogo pela terceira rodada Copa do Mundo de Vôlei, na cidade de Hamamatsu, no Japão....
Publicidade