Cruzeiro vence com facilidade e afunda o Vitória na zona do rebaixamento

Com um time alternativo, repleto de reservas, o Cruzeiro ganhou com facilidade do Vitória, por 3 a 0, nesta quarta-feira no Mineirão, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe contou com ótima atuação de Fred, autor de dois gols, e afundou o adversário na zona de rebaixamento.

Sem grandes objetivos na competição, o Cruzeiro alcançou os 52 pontos, na oitava colocação, quatro atrás do rival Atlético-MG, com 56, em sexto lugar. O time baiano continua na vice-lanterna, com 37 pontos e mais perto da Série B em 2019.

Antes do jogo, as escalações surpreenderam. O Cruzeiro, dirigido pelo auxiliar Sidnei Lobo por conta da licença de Mano Menezes por questões médicas, entrou com o veterano Fred e mais seis novidades. O Vitória, que sofreu um problema gastrointestinal por conta da alimentação, perdeu alguns jogadores.

Esperava-se o time baiano atacando, mas ele passou o tempo todo atrás, apenas se arriscando nas bolas paradas. Aos poucos, o Cruzeiro foi ganhando confiança e criando chances. Aos 25 minutos, Lucas Silva chutou forte e João Gabriel espalmou por cima do travessão. Ainda pelo lado esquerdo, aos 30 minutos, quem apareceu sozinho foi Patrick, mas ele chutou nas pernas do goleiro.

Aos 42 minutos, saiu o gol. Ezequiel desceu até a linha de fundo e cruzou em busca de Fred. Na ânsia de cortar, o zagueiro Aderllan deu um carrinho e mandou a bola contra suas próprias redes. Foi seu terceiro gol contra na competição. Aos 44 minutos, quase o Vitória empatou na tentativa de Benítez de marcar um gol olímpico, mas Rafael salvou.

O Vitória sinalizou atacar no segundo tempo com a troca do técnico João Burse. Ele tirou o volante Fillipe Soutto para a entrada do atacante Neilton. Mas a falta de sorte continuou perseguindo o rubro-negro baiano. Robinho entrou na área pela direita e, ao tentar cruzar, a bola tocou no braço de Aderllan: pênalti. Na cobrança, aos nove minutos, Fred deslocou o goleiro e marcou o segundo da noite.

O gol desanimou de vez o time visitante, com o Cruzeiro passando a perder chances atrás de chances. Aos 13, Fred fez o passe de calcanhar para Ezequiel, que chutou em cima do goleiro baiano. Dois minutos depois, Ezequiel soltou a bomba, mas a bola explodiu no travessão. Aos 19, após rebote de João Gabriel, David sozinho isolou por cima.

Aos 26 minutos, o placar foi ampliado. Raniel invadiu a área pelo lado esquerdo, foi ao fundo e rolou para trás. Fred pegou de primeira com a perna esquerda, acertando o lado direito de João Gabriel. O visitante quase fez o gol de honra aos 37. Após escanteio, a defesa não cortou, Aderllan esticou o pé e mandou a bola no travessão. Não era a sua noite, nem do Vitória.

No domingo, às 17 horas, o Cruzeiro recebe o Flamengo, de novo no Mineirão, pela penúltima rodada. Enquanto isso, de volta ao Barradão, o Vitória vai enfrentar o Grêmio, precisando vencer para manter as esperanças de seguir na elite.

Relacionados