De volta ao Grêmio, Kannemann treina e diz esperar partida dura contra o Vitória

O elenco do Grêmio treinou nesta sexta-feira no CT do Fluminense, no Rio de Janeiro, antes do embarque para o voo com destino a Salvador. Para o duelo deste domingo contra o Vitória, no estádio do Barradão, o time gaúcho terá os reforços do meio-campista Maicon e do zagueiro argentino Walter Kannemann, que não disputa uma partida pela equipe desde 27 de outubro.

“Feliz por voltar a trabalhar com meus companheiros. Vamos tentar fazer um grande jogo contra o Vitória. Sabemos que estão em uma situação muito difícil. Mas também temos nosso objetivo. Vamos tentar terminar o torneio dentro do G4 para conquistar essa vaga direta na Copa Libertadores”, disse o zagueiro em entrevista coletiva concedida após o treino.

Kannemann não disputou as últimas seis partidas do Grêmio por causa de suspensão por cartões amarelos, desconforto muscular na coxa e convocação para a seleção da Argentina. “Fiquei feliz por poder representar o meu país, mas já estou com a cabeça no Grêmio”, comentou.

Sobre a derrota do Grêmio para o Flamengo por 2 a 0, na última quarta-feira, fora de casa, o zagueiro concordou com o técnico Renato Gaúcho, que mencionou erros cometidos pelos jogadores. “Tivemos algumas tomadas de decisão equivocadas, nada mais. Já está no fim do ano, todos nós já disputamos muitos jogos e houve muito estresse. Mas temos de tratar de clarear a mente e não repetir os erros cometidos”, afirmou.

Passadas 36 rodadas, o Grêmio está em quarto lugar no Brasileirão com 62 pontos, mesmo número do São Paulo, quinto colocado, mas que tem menos vitórias conquistadas no torneio (16 a 15), o primeiro critério de desempate. Os dois times e o Internacional, que soma 65 pontos, concorrem por duas vagas dentro do G4.

Relacionados