“Belo trabalho”, diz Bolsonaro sobre ação policial que salvou idosa e deixou bandido morto

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) parabenizou o “belo trabalho” do policial militar que atirou e conseguiu atingir o bandido que faz uma idosa de 83 anos refém, após roubar uma joalheria, na manhã desta quarta-feira (05/12), em Valença, cidade a 160 km da capital do Rio de Janeiro. O criminoso não resistiu aos ferimentos e morreu.

“Parabéns aos Policiais Militares de Valença-RJ que salvaram a senhora de 83 anos feita refém por um bandido covarde, ficando mais de 10 minutos com uma arma apontada para sua cabeça. Belo trabalho! A vida do cidadão de bem sempre deve ser prioridade!”, escreveu Bolsonaro, no Twitter.

Os agentes realizavam patrulhamento no centro da cidade, que fica no sul do estado, quando foram avisados que um homem havia roubado uma joalheria próxima. Os moradores que presenciaram a ação gravaram vídeos. Nas imagens, o homem aparece armado, ameaçando Maria Tereza de Jesus, 83, enquanto um policial aponta uma arma.

De acordo com a PM, o homem fazia seguidas menções de atirar nos policiais e na mulher. Pessoas gritavam para ele soltar a idosa. Até que ela tropeça nos paralelepípedos e cai no chão. O policial então age rápido e dispara tiros contra o marginal. A mulher não ficou ferida.

Foram apreendidos um revólver calibre .38 e cerca de R$ 50 mil em joias, produto do roubo.

Relacionados