Reconstrução de escola vai ampliar vagas de ensino em Pau Miúdo

A dona de casa Tamires Santana assistia à demolição da antiga unidade de ensino no bairro Pau Miúdo com os olhos marejados, na manhã desta quinta-feira (3), quando o vice-prefeito Bruno Reis autorizou a ordem de serviço para a construção de uma nova escola no mesmo local, ao lado do secretário municipal de Educação, Bruno Barral.

Emocionada, Tamires recordava o tempo em que a filha Sabrina estudava no local, assim como expressava alegria pelo início das obras de uma unidade de ensino com infraestrutura adequada para atender 900 crianças e jovens do bairro, praticamente dobrando o número de vagas em relação à escola antiga. A estrutura antiga começou a ser demolida.

De acordo com Bruno Reis, a nova unidade é fruto de um investimento de R$ 4.874.090 e será inaugurada em 2020. A obra foi viabilizada com recursos municipais e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). “Somente por meio da educação a gente transforma efetivamente a vida das pessoas. Em 2018, investimos no setor R$ 200 milhões além do índice mínimo constitucional, de 25%”, afirmou.

O vice-prefeito ainda destacou a importância da dedicação dos professores nos resultados positivos alcançados pela administração municipal na área educacional. “Graças a esses profissionais tão empenhados, Salvador passou a ser a capital brasileira que mais tem avançado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, assinalou.

Para o secretário Bruno Barral, a nova unidade no Pau Miúdo “não vai dever nada a nenhuma escola particular da cidade”. Serão 1,8 mil metros quadrados de área construída, com espaços para instalação de coordenação, secretaria, diretoria, sala dos professores, depósito de material didático, 14 salas de aula, sala de leitura, quadra poliesportiva, refeitório, cozinha, entre outros.

Atualmente, a escola do Pau Miúdo atende cerca de 500 alunos dos grupos 4 e 5, do Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano), nos turnos matutino e vespertino, além de estudantes do sistema de Educação de Jovens e Adultos (EJA) I e II. Como funcionava em uma estrutura de pré-moldado, a escola foi transferida em 2017 para um prédio alugado pela Prefeitura, que fica no mesmo bairro, dando mais conforto e melhores condições de aprendizado aos estudantes.

Geomanta – O vice-prefeito ainda inaugurou uma geomanta de 725 metros quadrados sobre uma área de risco na Avenida Alzira, em Cidade Nova, nesta quinta. Com investimento de R$ 113.556, a intervenção beneficia mais de 150 pessoas que moram perto da encosta.

A técnica de enfermagem Wiliane Kaoma acredita que a obra aumenta a sensação de segurança da população. De acordo com a dona de casa Edna Lopes, a geomanta vai dar mais tranquilidade às famílias da região nos períodos chuvosos. “Antes, era horrível. Quando chovia, a gente não dormia direito”, pontuou.

Ultimas Noticias

Jovem morto e parentes baleados em São Caetano

Um rapaz foi assassinado e dois parentes dele baleados na noite de quinta-feira (22/08), no bairro de São Caetano, em Salvador. O homicídio aconteceu...

Assalto a ônibus no Largo de Roma termina com morte e...

Três assaltantes terminaram interceptados pelo Esquadrão Águia da Polícia Militar, na tarde de quinta-feira (22), após roubarem passageiros de um ônibus, na região da...

Pedreiro acusado de matar menina Vitória irá a júri popular em...

Um dos homens acusados de sequestrar e assassinar a menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, em Araçariguama, interior de São Paulo, em...

Anatel adia decisão sobre compra da Warner pela AT&T

Terminou sem decisão a reunião extraordinária da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para tratar da validade da compra do grupo Warner Media, antiga Time...
Publicidade