‘Pátria Amada Brasil’ é nova marca do governo Bolsonaro

Último verso do hino nacional, a frase “Pátria Amada Brasil” fará parte da nova marca do governo Jair Bolsonaro, que é acompanhada de uma ilustração estilizada da bandeira. O anúncio foi feito pelo próprio Bolsonaro, no Twitter, na noite desta sexta-feira, 4, no seu quarto dia de mandato.

O presidente ressaltou que o material foi feito pela Secretaria de Comunicação (Secom) e que a divulgação através das redes sociais resultou em economia de mais de R$ 1,4 milhão.

“Um competente trabalho da Secom onde expõe a nova logo marca do Governo Federal. A parte mais importante é que a divulgação está sendo lançada na internet com custo zero, economizando mais de R$ 1,4 mi aos cofres públicos, se a ação fosse realizada pelos canais tradicionais de TV”, anunciou Bolsonaro na rede de microblog.

Para o anúncio, Bolsonaro divulgou um vídeo que diz que o seu governo foi eleito para “resgatar o Brasil”. “Em 2018, não fomos às urnas apenas para escolher um novo presidente. Fomos às urnas para escolher um novo Brasil, sem corrupção, sem impunidade, sem doutrinação nas escolas e sem a erotização de nossas crianças. Fomos às urnas para resgatar o Brasil.”

Antes do anúncio, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou que a divulgação em redes sociais representa “uma forma inovadora de fazer comunicação”.

“Para o lançamento da nova identidade visual Governo Federal, a Secom/PR optou pelas redes sociais. Além de inédita, a iniciativa representa uma economia de mais de R$ 1,4 milhão para os cofres públicos. Esse seria o custo previsto caso a ação fosse realizada pelos canais tradicionais de TV”, diz o texto.

O ex-presidente Michel Temer também optou por um símbolo ufanista em seu mandato. Ele adotou o slogan “Ordem e Progresso”, inscrição na bandeira do Brasil. A ex-presidente Dilma Rousseff também mencionou a palavra “pátria” em seu slogan, mas com foco em educação, com os dizeres: “Brasil, Pátria Educadora”.

A divulgação na nova marca foi feita em meio a informações desencontradas na área econômica. Pela manhã, Bolsonaro falou que haveria aumento do Imposto de Operações Financeiras (IOF) e da redução da alíquota do Imposto de Renda de 27,5% para 25%, mas acabou desmentido pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e pelo secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Bolsonaro não se manifestou sobre o assunto nas redes sociais.

Ultimas Noticias

PF prende homem por compartilhar cenas de abuso sexual infantil

Agentes da Polícia Federal cumpriram na sexta-feira (23/08) mandado de busca e apreensão de homem que compartilhava arquivos com cenas de abuso sexual de...

Mais de 1,7 tonelada de maconha apreendida em oito dias

Mais de 1,7 tonelada de maconha apreendida. Esse foi o saldo das ações desenvolvidas pelas forças de segurança de sexta (16) até sexta-feira...

País desenvolve tecnologia para lavouras mais resistentes ao calor

Contornar os efeitos do calor na lavoura tem ocupado os pesquisadores da Embrapa no desenvolvimento de técnicas de plantio, manejo e novas cultivares que...

Último adeus! Motorista de ônibus escolar é homenageado com caixão temático

Os moradores da comunidade de Wilson County, em Tennessee, nos Estados Unidos, resolveram homenagear uma figura muito querida após a sua morte. David Wright,...
Publicidade