Feminicídio e casamento infantil são temas de ações da SPMJ em março

Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura realiza o Projeto Mulher 360, a fim de desenvolver a cultura universal dos direitos humanos das mulheres na cidade. Por meio da Secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) serão promovidas diversas ações durante o mês de março, que é dedicado a essa temática.

“O objetivo maior é executar ações que venham coibir o grande índice de violência contra a mulher na nossa cidade, além da promover a valorização e empoderamento feminino”, enfatizou a secretária da SPMJ, Rogéria Santos.

Entre as diversas atividades durante o período destaca-se o grande encontro que será realizado no dia 12 de março, com o tema “Desafios e Possibilidades para o Empoderamento das Mulheres de Salvador”, das 16h às 18h, no Centro Cultural da Barroquinha. O evento contará com a presença de autoridades convidadas.

No dia 23 de março, acontece as “Rodas de Conversa: Enfrentamento ao Feminicídio”, das 15h às 21h, no Shopping da Bahia. Serão três momentos temáticos, que tratarão sobre violência contra meninas e mulheres, casamento infantil, venda de menores e violência doméstica.

Confira abaixo a programação:

11/03 – 9h às 17h

Serviços e informações: direitos de todas

Local: Shopping Center Lapa

12/03 – 14h

Curso de defesa pessoal

Local: Centro de Referência Loreta Valadares

12/03 – 16h

Encontro “Desafios e Possibilidades para o Empoderamento das Mulheres de Salvador”

Local: Espaço Cultural da Barroquinha

12/03 – 13h

SPMJ Itinerante – Palestra sobre o enfrentamento ao Feminicídio

Local: Sede da Transalvador, Barris

13/03 – 09h

Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio

Local: Clínica Única de Reabilitação – CURE, Bonfim

21/03 – 14h

Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio

Local: CRAS – São Cristóvão

21/03 – 15h

Quintas Temáticas em Pernambués

Local: Escolinha Pequeno Sonho

23/03 – 15 às 21h

“Rodas de Conversa: Enfrentamento ao Feminicídio”

Local: Shopping da Bahia

27/03 – 14h

Palestra sobre o enfrentamento ao feminicídio

Local: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Bom Jesus dos Passos