Fabio Mota diz que convite de Geraldo Júnior “será declinado” e “Semob não calcula tarifa”

Terminal Acesso Norte

Após ser tomar ciência que foi convidado pelo presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Geraldo Júnior, para dar explicações na Casa Legislativa sobre o aumento da tarifa dos ônibus, o secretário Municipal de Mobilidade Urbana Fábio Mota disse via WhatsApp ao Informe Baiano que “o convite será declinado”, pois a “Semob não calcula tarifa” e portanto, “não tem competência para tal”. Ainda segundo Mota, é a Arsal (Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador) quem calcula o valor da tarifa dos ônibus.

Convite da presidência da Câmara de Salvador

Durante a sessão plenária desta terça-feira (2), o presidente da Câmara Municipal, vereador Geraldo Júnior (SD), convidou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, a apresentar a planilha referente à nova tarifa de ônibus da capital. A reunião deve acontecer no início da próxima semana.

O convite atende ao pedido dos vereadores, que questionaram o valor da passagem. Nesta terça-feira, a tarifa passou a custar R$ 4. Desde 2013, o Executivo não envia as planilhas orçamentárias ao Legislativo. Geraldo Júnior destacou que o futuro da cidade passa, sim, pela Câmara Municipal. “Eu, particularmente, entendo que a planilha tenha que passar por esta casa. Eu vou pedir ao líder do governo que essa planilha seja submetida à casa. É um clamor da oposição”, concluiu.