Tiroteio, perseguição, acidente e líder do tráfico de Castelo Branco morto

Nesta terça-feira (23/04), por volta das 16h, guarnições da 47ª Companhia Independente da PM em rondas no bairro de Castelo Branco, em Salvador, trocaram tiros com um homem que estava em um veículo Classic e reagiu a abordagem.

A ação foi iniciada na Rua Genaro de Carvalho, nas imediações do Atacadão Atakarejo, quando o carro transitava em contramão. De acordo com a fonte do Informe Baiano, o motorista desobedeceu a ordem de parada e tentou fugir, sendo realizada a perseguição.

Já na Rua da Paz, houve o primeiro confronto e o veículo bateu em um muro. Em seguida, o homem disparou novamente tiros contra os policiais e correu até a localidade da Baixada. Os militares, então, iniciaram as buscas e visualizaram manchas de sangue na frente de uma residência, onde o suspeito se abrigou.

Ao adentrar a residência, a equipe foi alvo de tiros pela terceira vez e voltou a reagir. O homem, posteriormente identificado como Mateus Rodrigues Gomes Silva, foi atingido e socorrido para o Hospital Eládio Lasserre, mas não resistiu aos ferimentos.

Foram apreendidos um revólver calibre .38 com numeração suprimida, documentos pessoais, 27 reais e uma mochila com 334 microtubos pequenos de cocaína, 70 microtubos grandes com cocaína, 120 dolas de maconha, 57 cocadas de maconha, 11 dolões de maconha, 128 pedras de crack duas cadernetas com anotações do tráfico.

Ainda de acordo com a fonte do IB, Mateus é apontado como o responsável pela distribuição das drogas na região. Além disso, teria sido o responsável pelo disparo de arma de fogo que no mês de março atingiu um policial em operação no bairro. A ocorrência foi registrada na Corregedoria da Polícia Militar.

 

Feira apresenta reduções sucessivas de mortes no 1° trimestre