Dias D’Ávila: após seis homicídios, polícia intensifica ações e troca tiros com quatro homens

Luciano dos Santos Rodrigues e Mateus Nunes dos Santos foram conduzidos, na madrugada desta quarta-feira (22), à delegacia local, depois de presos, por equipes da 36ª Companhia Independente da Polícia Militar (Dias D’Ávila), na rua do Botafogo, em Dias D’Ávila, Região Metropolitana de Salvador, de posse de duas armas de fogo.

“Recebemos informações do Centro Integrado de Comunicações sobre a presença de homens armados no local e, quando as guarnições chegaram, foram recebidas à bala. Houve troca de tiros, dois bandidos ficaram feridos e um morreu. Robson Santos de Jesus, também socorrido como seus comparsas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), não corre risco de morte”, explicou o comandante da 36ª CIPM, major Sérgio Dias.

Ainda segundo Dias, Luciano e Mateus eram conhecidos na localidade pela prática de assaltos. “Tivemos conhecimentos disso através de uma denúncia, o que permitiu que nós os localizássemos”, acrescentou. A dupla e as armas, foram encaminhados para a 25ª Delegacia Territorial (Dias D’Ávila).

Desde segunda-feira, policiais militares e civis intensificam ações de inteligência e patrulhamento, além de operações contra o tráfico de drogas no município. Entre a noite de sábado (18/05) e a manhã de segunda (20/05), Dias D’Ávila foi palco de seis assassinatos.

Seis pessoas assassinadas em 48h na cidade de Dias D’Ávila

Em Dias D’Ávila, polícia captura acusado de matar homem a facadas em bar