Comunidade Quilombola do Território de Identidade Irecê celebra conquista de direito à terra

Fotos: André Frutuôso

O sorriso largo no rosto denunciava a felicidade dos moradores da Comunidade Quilombola Povoado de Ramos, no município de Presidente Dutra, Território de Identidade Irecê, que receberam, neste sábado (01/06), do Governo do Estado, o Título de Domínio de Terra. O documento foi entregue por representantes da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi).

- publicidade -

O título, que regulariza aproximadamente 1.200 hectares de terra, beneficiará cerca de 100 famílias. A solenidade de entrega ocorreu durante a I Feira Cultural de Ramos de Presidente Dutra. O documento regulariza o direito à terra, garantido pelo Estado da Bahia: “O título quilombola é um reconhecimento de domínio que, além de garantir a propriedade da terra pela comunidade, de forma coletiva, ele também carrega o aspecto da simbologia da identidade e da cultura de um povo. De posse do título é possível que as famílias tenham mais segurança para se desenvolver e acessar o conjunto de políticas públicas que a própria SDR desenvolve”, destacou Renata Rossi, coordenadora da CDA/SDR.

Nos últimos quatro anos, 10 comunidades quilombolas receberam títulos de domínio de terra e cerca de 1.000 famílias foram beneficiadas: “Por meio das políticas de regularização fundiária e da promoção da igualdade racial, nós reconhecemos a importância das comunidades tradicionais e em especial as comunidades quilombolas. Essa é uma ação de destaque no campo da reparação e na garantia de direitos”, afirmou Claudio dos Santos, coordenador executivo de Povos e Comunidades Tradicionais da Sepromi.

Comunidade Quilombola

Rosana Pio, presidente da Associação da Comunidade Quilombola de Ramos, beneficiária do título e de políticas públicas como a do acesso à água, com a implantação de cisterna de produção e consumo, festejou junto com a comunidade a segurança jurídica conquistada com o recebimento do Título de Domínio: “Receber a titulação de nossa terra é muito importante, pois é uma conquista histórica, uma luta de muitos anos, dos nossos antepassados. Estou emocionada, pois isso é uma grande riqueza para o nosso povoado”.

Participaram do evento representantes da Prefeitura Municipal de Presidente Dutra, agricultores familiares, o deputado estadual Jacó e outras lideranças comunitárias. “Esse é um momento importante para toda a população de Ramos, pois esse título é fruto de muita resistência e dedicação e com ele alcançaremos mais melhorias sociais para nós”, salientou o jovem quilombola e estudante do Curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Hítalo Neiva.

Ultimas Noticias

Crime bárbaro em Esplanada: rapaz executado com golpes de facão

Elisângelo Conceição dos Santos, conhecido como 'Buia', de 25 anos, foi morto com requintes de crueldade na tarde desta terça-feira (23/07), no município de...

ANS limita reajuste de planos de saúde individuais e familiares a...

O reajuste anual dos planos de saúde individuais e familiares com aniversário entre maio de 2019 e abril de 2020 não poderá ultrapassar 7,35%....

CPF cancelado! Líder do BDM de Simões Filho é morto em...

Wanderson de Jesus, conhecido como Pinto, um dos alvos prioritários da polícia baiana, foi morto em confronto nesta terça-feira (23/07), na cidade de Simões...

Prazo para novos convocados do Partiu Estágio termina nesta quarta-feira

Termina nesta quarta-feira (24) o prazo para que os 461 universitários convocados pelo Programa Partiu Estágio realizem a entrega da documentação. Esse prazo é...
Publicidade