População deve ficar alerta para atenção e prevenção de quedas de idosos

O leite materno é o primeiro alimento do ser humano e indispensável à sua formação. Com objetivo de sensibilizar, conscientizar e incentivar gestantes, puérperas, nutrizes e familiares sobre a importância da amamentação, a Prefeitura iniciou o projeto Amamentar Sempre. O lançamento aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), localizada no bairro do Comércio.

Promovido pela Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan), serão realizadas, durante todo o mês de agosto, atividades de incentivo e apoio ao aleitamento materno. Inicialmente, as ações serão realizadas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), mas a intenção é que o projeto seja levado para outras unidades. O mês de agosto foi escolhido devido à Semana Mundial do Aleitamento Materno, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), desde 1992.

“Decidimos não ser só uma semana, mas uma atividade que dure o ano todo. Precisamos disseminar a importância do aleitamento materno e a contribuição para o desenvolvimento do ser humano. É um trabalho que, além de técnico, é humano, e que pode ser reverberado em cada comunidade. É imprescindível a sensibilização da população para uso da amamentação como estratégia de segurança alimentar e nutricional”, afirma o coordenador do Cosan, Gabriel Falcetta.

Temas e benefícios – Durante os encontros que acontecerão nos Cras, que deverá envolver 180 profissionais, serão tratados assuntos como a duração e quantidade de mamadas, prejuízos associados ao uso de mamadeiras e chupetas, higienização dos seios, informações nutricionais, conhecimento sobre o comportamento normal do lactente amamentado e alimentação da mãe. Além disso, serão feitos o esclarecimento de alguns mitos e a atividade prática sobre manejo da amamentação como a posição, pega e ordenha manual, dentre outros temas.

O coordenador ainda destaca que o leite materno é o mais completo e que nem outro leite artificialmente produzido consegue substituir esse valor nutricional. “Estudos comprovam que a amamentação reduz em até 13% a mortalidade infantil, dá condições de melhorias de formação imunológica, desenvolvimento cerebral e ainda previne obesidade. A amamentação contribui com a formação de seres humanos mais saudáveis, com uma produtividade maior e uma saúde protegida. E isso reflete também na redução de recursos na área de saúde. A família ganha, a sociedade, a saúde e até o município”, declara.

“Esse projeto é de grande importância, pois poderemos conscientizar e ajudar as famílias para que as crianças possam ter um desenvolvimento mais saudável. Muitas vezes, precisamos apenas da informação e isso pode fazer toda a diferença. Queremos, com a comunicação, ensinar as pessoas a lidarem melhor com seus corpos e com seus filhos”, declarou a secretária da Sempre, Ana Paula Matos.

Programação:

Cras Paripe – Terça-feira (6), às 14h

Cras São Cristóvão – Quarta-feira (7), às 9h

Cras Nova Esperança – Quarta-feira (7), às 13h

Cras Mata Escura – Quinta-feira (8), às 9h

Cras Pau da Lima – Terça-feira (13), às 9h

Cras Ilha de Maré – Quarta-feira (14), às 9h

Cras Brotas – Quinta-feira (22), às 13h

MPT recebe mais de 6 mil denúncias de escravidão e tráfico de pessoas

No fim do ano passado, a história de Madalena Gordiniano, que passou quase toda uma vida trabalhando em condições semelhantes à escravidão, chocou o Brasil. A mulher,...

Ygona Moura: influenciadora que relatava “noites de aglomeração” morre de Covid-19

A influenciadora Ygona Moura, internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital em São Paulo há 10 dias com covid-19 morreu nesta quarta-feira (27/01). A...

Sargento PM é morto na frente da esposa em São Caetano

O sargento da reserva Flaviano Nascimento foi atacado por dois bandidos e acabou baleado na noite desta quarta-feira (27/01), em frente a um posto de combustíveis,...

Suco detox de kiwi com limão, emagrece e dá energia

Em pleno mês de janeiro muitos ainda estão tentando recuperar os excessos natalícios e de fim de ano. E para começar a voltar à rotina, não há...